Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Medalha de ouro! Alagoano é campeão brasileiro de Jiu-Jitsu no Rio de Janeiro

Jose Aldo Pereira Dantas Junior disputou quatro lutas e foi campeão na faixa branca, na categoria super-pesado

Um alagoano fez história no esporte e representou bem o estado na quinta-feira (30). Diretamente do Rio de Janeiro, Jose Aldo Pereira Dantas Junior, da escola alagoana de Jiu-Jitsu Vicente Jr. Team, consagrou-se campeão brasileiro da arte macial pela CBJJ (Confederação da Brasileira de Jiu-Jitsu), a mesma organização que realiza o Campeonato Mundial da modalidade.

O esportista de 24 anos disputou quatro lutas na categoria super-pesado, de 94,5kg a 100,5kg, contra um baiano, dois carioca e um paulista, sendo este último o atual campeão sul-americano.

Leia também

Desde o primeiro combate até a final, ele enfrentou Heitor Dantas de Morais Santos, da equipe CheckMat; Marcos Vínicis de Souza, da academia Nova União; e Caio Augusto da Silva, da equipe G13BJJ.

Na grande decisão, o atleta encarou Iago da Silva Castro Rodrigues, também do esquadrão CheckMat. Jose tem duas conquistas, em duas competições na carreira, e um futuro promissor.

Primeiramente, Jose participou da mesma competição Norte-Nordeste em Sergipe e conquistou o ouro. Assim, recebeu convite para ir à cidade maravilhosa e repetiu dose. À Gazetaweb, Jose Aldo Pereira, pai de Rafael, falou da alegria da nova conquista do filho.


				
					Medalha de ouro! Alagoano é campeão brasileiro de Jiu-Jitsu no Rio de Janeiro
Jose Aldo Pereira Dantas Junior levou o ouro em Sergipe e no Rio de Janeiro. Jose Aldo - Arquivo Pessoal

"Fico muito orgulhoso por ele, por representar o estado a nível de Brasil, pouco conhecido sobre essa modalidade de luta. É como se fosse eu que tivesse representando Alagoas. Como pai, fico muito orgulho. Eu não esperava por isso. Me sinto muito feliz por esse momento, por esse título", disse.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas