Líder da segundona, Zumbi celebra 150 anos da Lei do Ventre Livre

Clube de União dos Palmares fez questão de celebrar a data

No dia 28 de setembro de 1871, a Lei do Ventre Livre foi promulgada. A lei permitiu que os filhos de escravos fossem libertos. O Zumbi, clube da cidade de União dos Palmares, conhecida pela resistência e pela luta contra a escravidão, fez questão de relembrar a data nesta terça (28), dia em que se completam 150 anos da lei.

Confira a nota do clube:

"Neste 28 de setembro é celebrado os 150 anos da Lei do Ventre Livre. A lei promulgada em 1871 foi o pontapé inicial para a abolição da escravidão no Brasil.

Ela dizia que a partir desta data todos os filhos de escravas seriam considerados “livres” do trabalho escravo. De acordo com o texto, os filhos de mulheres escravas estariam sob os olhares dos senhores de escravo até os 21 anos de idade, o que não geraria indenização aos senhores.

Caso a criança fosse liberta aos 8 anos, o Estado indenizaria o senhor de escravo. Além disso, a lei previa ainda uma matrícula de escravos que deveria ser feita até um ano pelo senhor, caso não houvesse este processo os escravos seriam considerados livres".

O nome do clube, inclusive, é uma homenagem a Zumbi dos Palmares, personagem de luta e resistência contra a escravidão, além de ter nascido na mesma cidade do Pantera Verde.