Júnior Viçosa marca em seu retorno, mas ASA fica apenas no 1 a 1 com o Jacuipense

Centroavante conta com assistência de Feijão para colocar Alvinegro na frente, contudo, Jacupa arranca empate valioso em Arapiraca

Foi por pouco, mas o ASA acumula seu terceiro jogo seguido sem vencer na Série D. Em clima de festa, o Gigante recebeu o Jacuipense pela 6ª rodada do Grupo 4, neste domingo (22), no Fumeirão, em Arapiraca. Apesar de jogar melhor, o placar terminou em um frustrante 1 a 1. Retornando, Júnior Viçosa marcou o gol alvinegro e Newton buscou o empate para os baianos.

Apesar do resultado ruim, o Fantasma conseguiu recuperar sua liderança no grupo. Com 10 pontos conquistados, o ASA fica na frente do Lagarto por conta do número de vitórias. O Jacuipense, por outro lado, perdeu uma posição na tabela, por conta da vitória do Lagarto nesse sábado (21). Por isso, o time Leão é o 3º, com nove pontos. Confira como foi o embate entre alagoanos e baianos no Tempo Real da Gazetaweb.

O clube arapiraquense entra em campo no próximo sábado (28), às 16 horas, fora de casa. O Alvinegro viaja para o interior da Bahia, para enfrentar a Juazeirense, no Adauto Moraes. O Jacuipense entra em campo só no domingo (29), às 15h, em um confronto direto com o Lagarto, no Valfredão, em Riachão do Jacuípe.

Alvinegro conseguiu chances, mas pouco concluiu na direção do gol - Foto: Ailton Cruz

1º TEMPO

Em uma "nova" comissão técnica, o ASA veio um pouco diferente para campo. Com o retorno do atacante Júnior Viçosa, Jota armou uma equipe para buscar o resultado, um pouco mais ofensiva. Tanto que as primeiras chegadas foram alvinegras. Aos 11, Roger Gaúcho deu uma experimentada de fora da área, dando trabalho para o goleiro Mota.

Demorou muito para o Leão Grená dar uma chegada. Com 20 minutos, Ruan Levine até tentou uma finalização, mas completamente fora da direção do gol. Quem acertou o gol foi Benne, aos 25, após cabeceio. Porém, a finalização foi fraca e facilitou a defesa do goleiro Mota.

O confronto foi ficando amistoso, com poucas chances. Mesmo erro dos últimos duelos, o ASA começou a errar passes bobos e abrindo margem para o Jacupa contra-atacar. Porém, para a sorte dos arapiraquenses, o Jacuipense não conseguia chegar com tanto perigo. Por vezes, o time de Rodrigo Chagas chegava na bola parada, sem tanto sucesso.

Diego Rosa foi o jogador que mais deu trabalho no primeiro tempo - Foto: Ailton Cruz

Usando, principalmente, a dupla Diego e Diogo, o Gigante conseguiu boas chegadas e descolou alguns escanteios. Roger cobrou um deles aos 41, Viçosa tentou o toque de cabeça, contudo, atacou a bola pela linha de fundo. Diogo Vitor tentou de falta, aos 43 minutos, mas seu chute acabou sendo muito forte e passando por cima do travessão.

A reta final do primeiro tempo deu uma melhorada no embate, porém, sem grande trabalho para os goleiros. Na última grande chance, aos 46', Roger Gaúcho fez linda jogada individual e cruzou para Diego Rosa cabecear. O atacante vacilou e acabou mandando para fora, no ato final da primeira etapa.

2º TEMPO

Em outro ritmo, o segundo tempo voltou totalmente diferente. Jota apostou em Feijão, para fazer dupla com Viçosa. E não demorou muito para dar certo. Logo com 1 minuto, o mago fez uma bela jogada na esquerda, invadiu a área e tocou para Júnior Viçosa finalizar para o gol vazio e finalmente abrir o placar no Fumeirão.

Com passe do companheiro Feijão, Viçosa fez seu primeiro gol na Série D - Foto: Ailton Cruz

O gol foi uma festa pura em Arapiraca, mas não houve tempo para comemorações. Logo aos 3 minutos, foi a vez do Jacuipense chegar. Na primeira chance, com bola cruzada, a defesa do ASA falhou e Newton aproveitou para finalizar e arrancar o empate de forma veloz.

Foi um verdadeiro choque para os arapiraquenses, que estavam empolgados. Com a igualdade de volta, Jota armou a equipe mais ofensiva, para logo buscar o empate, mas quem chegou foi o Leão, aos 12, com uma finalização que raspou o travessão de Renan. A resposta veio aos 24, novamente com a dupla Feijão e Viçosa. O meia cobrou falta na boca do gol e, no susto, Viçosa perdeu uma chance sensacional de colocar o Fantasma na frente.

O ritmo do confronto caiu gradativamente, apesar das tentativas de jogadas do Gigante. Jota mudou a equipe e acionou jogadores mais velozes. Contudo, a medida parece que não deu muito certo, já que os visitantes chegaram com um pouco mais de qualidade. Mesmo assim, era notório que o Jacuipense estava satisfeito com o empate. Xande tentou de fora, aos 47, mas a bola desviou na defesa e foi pela linha de fundo.

Gigante volta à campo no próximo final de semana, contra a Juazeirense - Foto: Ailton Cruz

Ficha técnica

ASA - Renan Rinaldi; Michel Tiago, Benne, Brumati e Alysson Dutra (Gutti); Zé Wilson, Marcos Antônio (Magdiel) e Diogo Vitor (Anderson Feijão); Roger Gaúcho, Diego Rosa (Xande) e Júnior Viçosa (Caranguejo). Técnico: Jota

Jacuipense - Mota; Railan, Renato, Cabral e Radar; Kaefer (Fábio Bahia), Newton (Joilson) e Flávio (Anderson); Thiaguinho (Robinho), Ruan Levine (Henrique) e Welder. Técnico: Rodrigo Chagas

Gols - Júnior Viçosa (ASA 1'/2T); Newton (JAC - 3'/2T)

Cartões amarelos - Kaefer (Jacuipense); Marcos Antônio (ASA); Júnior Viçosa (ASA); Magdiel (ASA)

Árbitro - Renato Pinheiro (CBF/CE)

Assistentes - Maxwell Rocha Silva (CBF/AL) (Árbitro Auxiliar) e Fernanda Felix da Silva (CBF/AL)