Jovens da Seleção Brasileira derrotam favoritos e erguem o título do Macena Open

Daniel Mola e Leonardo Branco, além de Sophia Chow e Marília Câmara levaram o primeiro título internacional

O Macena Open de Beach Tennis, torneio internacional realizado na praia de Pajuçara, em Maceió (AL), foi das jovens promessas do masculino e de nova dupla no feminino que conquistaram o troféu na competição com premiação total de US$ 4 mil e faturaram 50 pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

No masculino, os jovens Daniel Mola, de apenas 18 anos, e Leonardo Branco, de 19, superaram na decisão a dupla cabeça de chave 2 formada pelo santista Raffael Agulha, 39º, e o gaúcho Vinicius Chaparro, 40º, por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 6/4.

"Sem palavras para descrever a emoção dessa conquista, tinha jogado o ITF BT 10 (quinta-feira) em busca disso, não consegui vencer, mas consegui melhor e a torcida veio com a gente", disse a dupla.

A dupla que frequenta o time brasileiro seja em campeonatos juvenis ou treinamentos agora sonha em no futuro estar no time titular: "Sim, vamos buscar isso no futuro, quem sabe". Os dois não deixaram de agradecer aos treinadores: "Queria agradecer ao Plácido Juca, que está junto em minha caminhada , tenho o prazer de treinar com ele e é incrível isso", disse Leonardo seguido por Mola: "Queria agradecer meu coach, o Lucas Souza, de Campinas (SP), que me abraçou , me levou pra lá, disse que podia confiar nele, confiei e poder levar esse título pra casa é muito bom".

Sophia Chow e Marília Câmara derrubam dupla de campeã mundial na semi e levam o título feminino

Campeãs do Circuito Nacional em Brasília recentemente, a dupla da cearense Marília Câmara e da paulista Sophia Chow, teve um domingo perfeito par asair com o primeiro título nível internacional ao superarem na decisão a catarinense Chanelise Bergamin e a potiguar Caroline Gurgel por 6/3 6/3.

Campeãs do feminino, Sophia Chow (de preto) e Marília Câmara (de azul) - Foto: Celio Junior

Na semifinal elas derrubaram nada mais nada menos que a dupla da 17ª do mundo e ex-líder do ranking, a paulista Samantha Barijan, que tem título Mundial pelo Brasil em 2013, e a carioca Lorena Melo por 6/2 7/6 (7/4).

"Nosso primeiro ITF, graças a Deus com título, tivemos dois bons dias", disse Sophia e Marília: "A chave para o título foi ter muita cabeça, muita confiança uma na outra, quando uma está querendo cair um pouco, a outra puxa . O foco, a paciência, muita concentração".

Com dois torneios e dois títulos, ganhando de duplas de destaque do cenário mundial, Marília e Sophia vão seguir jogando juntas nesse final de ano e almejam voos mais altos: "Fizemos um calendário, seguiremos jogando, buscando melhorar sempre. Temos vários pontos a melhorar em nosso jogo, seguiremos treinando e é trabalho. A gente almeja estar entre as melhores do mundo em breve, se Deus quiser, estar nas cabeças".

Macena Open 2022

O idealizador e um dos organizadores do evento, André Macena, confirmou a competição para o final de agosto do ano que vem e com uma premiação de pelo menos US$ 15 mil com 200 pontos no ranking mundial: "Muito feliz com a realização desse evento, e em 2022 marque na agenda no fim de agosto, já vá vendo passagem pois teremos um evento de US$ 15 mil e se tivermos um bom patrocinador podemos até elevar para um torneio US$ 35 mil".

Mutirão de coleta de lixo

O último dia do Macena Open de Beach Tennis teve um mutirão de limpeza da praia da Pajuçara em frente ao local do evento promovido pelo IMA, o Instituto do Meio-Ambiente de Alagoas no projeto Nossa Praia, em parceria com o torneio.

Mutirão de limpeza na praia de Pajuçara - Foto: Celio Junior

Meninos e meninas do projeto tiveram a ajuda dos atletas Daniel Canellas, Luiz Gimpel, o Marrento, e o alagoano Pedro Consiglio, além do organizadores do evento, Gilson França, presidente da Federação Alagoana de Tênis, e André Macena. Ao todo foram coletados 300 kg de lixo na praia no mutirão que durou pouco mais de uma hora.