Jacozinho assume CSA até o fim da Série A e afirma: "Vamos para cima do Bahia"

Ídolo azulino revela ligação do ex-técnico Argel Fucks na madrugada dessa sexta; Jacó deverá ser mantido no cargo na missão de livrar Azulão da degola

Chegou a vez do auxiliar técnico Jacozinho assumir o comando do CSA até o fim do Campeonato Brasileiro. Com a saída repentina de Argel Fucks, que se transferiu para o Ceará, na madrugada desta sexta-feira (29), o ex-atacante e ídolo azulino da década de 80 terá pela frente o maior desafio: manter o Azulão na elite nacional.
Em entrevista à Gazetaweb nesta tarde, Jacó disse ter ficado surpreso com a saída de Fucks, mas preferiu não entrar na polêmica envolvendo a debandada do ex-técnico azulino e toda sua comissão técnica.
"O Argel me ligou na madrugada dizendo que assumiria o Ceará. Pediu ainda para eu me preparar pro jogo [contra o Bahia]. Ele é profissional e para sair deve ter sido uma proposta absurda. Eu estava muito bem com ele no dia a dia, levei até um susto quando recebi a notícia. Futebol é assim mesmo, cada um faz a sua parte. Quem sou eu para dizer que ele está errado? O tempo que vai dizer", relatou o interino marujo.

Técnico Argel Fucks largou o CSA para assinar com o Ceará, que também luta para não cair na Série A - Foto: FOTO: Felipe Nyland/Gazeta de Alagoa

Jacozinho é auxiliar técnico efetivo do CSA desde 2015. Em 2017, pela fase de grupos da Série C, ele substituiu interinamente a equipe principal após saída do Ney da Matta e arrancou um empate por 1x1 com o Cuiabá, na Arena Pantanal.
Em 2018, depois do desligamento de Flávio Araújo, Jacó e seus comandados aplicaram 5x0 sobre o Dimensão Saúde, pelo Campeonato Alagoano. Nesta temporada, durante a pré-temporada, comandou a equipe no amistoso com o CSE e ficou no 0x0.
Apesar dessa tímida experiência como treinador no time profissional, Jacozinho acredita estar preparado para comandar o Azulão na reta final da Série A. "Estou preparado. Para mim, vai ser mais um teste e tenho certeza que Deus está do nosso lado e quem sabe a gente não permaneça na Série A. É difícil mesmo, mas não impossível", cravou.

Antes da chegada de Marcelo Cabo, Jacozinho comandou interinamente o CSA na goleada por 5x0 sobre o Dimensão Saúde, no Alagoano de 2018 - Foto: FOTO: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

O grande desafio já acontece neste domingo (1º), no Estádio Rei Pelé, contra o Bahia. O Esquadrão de Aço não vence há nove rodadas consecutivas no Brasileirão e está com a vaga na Sul-Americana ameaçada. Desta maneira, não precisa ser vidente para saber que o time de Roger Machado virá para o tudo ou nada no Trapichão.
Sabendo do desespero do adversário, Jacozinho já mandou a fita: "Tomara que eles venham com sede ao pote, porque vão sair com mais sede ainda. Estamos prontos para ganhar o jogo, e em casa quem manda somos nós. Vamos partir para cima deles. Tem um slogan que diz 'Pra cima deles, Azulão'. Faremos isso", acredita.
O CSA ocupa a 18ª colocação da tabela de classificação, com 32 pontos, e está a cinco do Ceará, primeira equipe fora da zona de rebaixamento e atual time de Argel Fucks. O outro adversário direto na briga contra o rebaixamento é o Cruzeiro, com 36 pontos, na 17ª posição.