Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Hemoal Maceió lança 2ª edição da Campanha Torcedor Sangue Bom e vai sortear camisa oficial e autografada do CRB

Iniciada nesta quinta (23), ação vai ocorrer até o dia 23 de outubro e visa manter estabilizado o estoque de sangue do hemocentro

Na semana em que o CRB completa 109 anos de criação e a torcida volta ao Rei Pelé, a Unidade Maceió do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) lança a Campanha Torcedor Sangue Bom, voltada para os torcedores regatianos. Com isso, a partir desta quinta-feira (23), os voluntários que doarem sangue estarão participando do sorteio de uma camisa oficial e autografada pelos jogadores do Galo da Pajuçara.

Para participar da Campanha Torcedor Sangue Bom, que vai até o dia 23 de outubro, basta comparecer ao Hemoal Maceió, realizar a doação de sangue e deixar registrado o nome em uma urna, assinalando o time do coração e informando o número do telefone para contato. No dia 25 de outubro, às 11h, na sede do hemocentro e, em solenidade aberta ao público, haverá o sorteio da camisa oficial e autografada do CRB.

Leia também

A ação, além de contemplar um dos milhares de torcedores do CRB com a camisa oficial e autografada do time, vai contribuir para manter estabilizado o estoque de sangue do Hemoal. Isso porque a Unidade Maceió tem a atribuição de fornecer sangue aos moradores dos 56 municípios que integram a I Macrorregião de Saúde, formada pela capital, Litorais Norte e Sul, além do Vale do Paraíba e Zona da Mata.

“Através da parceria com o CRB, que comemorou seus 109 anos na última segunda (20), vamos mobilizar os torcedores do Galo para que, através da solidariedade, demonstrem seu amor pelo time. É hora dos regatianos comprovarem, na prática, que são, realmente, sangue bom”, ressaltou a gerente do Hemoal, médica Verônica Guedes.

Para o coordenador do Comitê Gestor do CRB, Enaldo Marques, o Galo sempre esteve voltado para a promoção da cidadania e nunca se furtou de colaborar com ações sociais, como a doação de sangue. Isso porque, segundo ele, doar sangue é uma causa nobre e imprescindível para salvar vidas, uma vez que o hemocomponente não se fabrica artificialmente.

“Nós temos uma torcida apaixonada pelo Clube de Regatas Brasil, que torce e apoia, e que, nesses momentos, também é solidária a abraça causas nobre. É por isso que valorizamos tanto a nossa participação na Campanha Torcedor Sangue Bom e convocamos toda a torcida para doar sangue e salvar vidas. Doar sangue é um ato de amor e, por isso, sabemos da força que temos com a nossa torcida e o quanto podemos contribuir”, enfatizou.

Critérios para Doação de Sangue

Para se candidatar à doação de sangue, o voluntário deve ter boa saúde, idade entre 16 e 69 anos e peso mínimo de 50 quilos. É necessário, ainda, comparecer ao Hemoal, portando um documento de identificação com foto e usando máscara.

Para os menores de 18 anos, é exigido comparecer ao Hemoal acompanhado dos pais ou responsáveis legais, portando os documentos originais. Caso o voluntário tenha contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas, fica impedido de doar sangue.

Quanto à doação de sangue feminina, é proibida, apenas, se a mulher estiver grávida ou amamentando. E, para repetir a doação, as mulheres devem aguardar três meses e os homens só podem doar após dois meses. Caso o voluntário tenha feito uma tatuagem, maquiagem definitiva, micropigmentação ou colocado um piercing, só pode doar sangue após 12 meses.

Covid-19

Se o candidato à doação foi infectado pelo novo coronavírus, há impedimento de doar sangue pelo período de 30 dias, que devem ser contados após a recuperação. Contudo, se o voluntário teve apenas contato com uma pessoa infectada e, nos 14 dias subsequentes, não apresentar sintomas da Covid-19, poderá se candidatar à doação de sangue.

No caso dos voluntários que tenham sido vacinados contra a Covid-19, é necessário aguardar um intervalo para doar sangue. No caso da vacina CoronaVac, a doação só deve ocorrer após 48 horas e, no caso dos imunizantes AstraZeneca, Pfizer e Janssen, o intervalo é de 7 dias.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X