Guilherme Romão destaca 'união' e 'qualidade do grupo' em campanha de destaque do Galo na Série B 2021

Equipe é a vice-colocada com 36 pontos, está invicta há 12 jogos e tem um dos melhores ataques na competição

Com a vitória sobre o Remo, no sábado (21), o CRB alcançou a marca de um mês sem derrota na Série B. Foram cinco vitórias e quatro empates em nove jogos, campanha que o ajudou chegar à vice-liderança da Segundona, com 36 pontos.

Titular da lateral-esquerda no time e um dos destaques na temporada, Guilherme Romão apontou a principal razão desse momento de sucesso do Galo, em coletiva à imprensa, por meio da assessoria do clube. "Acho que a união do grupo e a qualidade do elenco, né? Tira um (jogador), põe outro e continua a mesma coisa.

A gente vem em uma sequência boa, Graças a Deus. É tentar se manter na parte de cima da tabela, buscando sempre os três pontos, principalmente em casa. Vamos dar o nosso melhor para sempre tá em cima", disse.

Ele também falou como o time está encarando a pressão de brigar na parte de cima do campeonato e, consequentemente, pelo acesso à Série A, sonho dos torcedores regatianos. "É uma pressão boa, né? Melhor do que brigar embaixo da tabela.

Mas acho que temos que manter os pés no chão. A gente trabalhou duro para tá lá em cima. A gente todos os dias vem trabalhando para se manter. Então acho que é isso: trabalhar duro e (ter) humildade para continuar dando sequência no trabalho", destacou.

O jogador falou ainda do ambiente saudável de respeito e brincadeira durante os trabalhos no CT de treinamento. "Quando vamos treinar pela manhã, a gente vem muito feliz porque sabe que vai ter risada, vai ter brincadeira. Todo mundo se respeita, todo mundo aceita brincadeira um com o outro. É um elenco muito qualificado e tem tudo para fazer uma ótima competição", encerrou.

Romão se formou nas categorias do Marília-SP e do Corinthians. Depois foi atuar no Botafogo-SP até assinar com o Galo, em fevereiro desse ano. É um jogador versátil que costuma criar oportunidades de gols e ajudar seus companheiros com cruzamentos e passes precisos.

Até o momento, disputou 18 jogos pela equipe, marcou um gol (contra o Goianésia pela fase eliminatória da Copa do Brasil), deu quatro assistências e levou 10 cartões amarelos. Tem 23 anos, é técnico e disciplinado taticamente e está em fase especial na equipe, se preparando a cada dia para manter uma sequência positiva de jogos no Galo.