Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Giva Santos analisa início sem vitórias do CSA na Série B: "É questão de detalhe"

Time azulino ainda não venceu e amarga um início ruim nesta Segundona, com apenas dois pontos conquistados em quatro jogos

Quatro jogos, zero vitórias. Diferentemente de como finalizou a Série B de 2020, quando obteve bons resultados que quase lhe renderam o acesso à elite, o CSA vive uma situação incômoda no início da edição desta temporada: em 12 pontos possíveis até aqui, o Azulão conquistou apenas dois.

Recém-chegado ao clube marujo, o volante Giva Santos já sente o clima de atenção, mas afirma que a equipe deve manter o foco e não deve se deixar levar pela situação. O novato também analisa o momento e prega o trabalho para conquistar o primeiro triunfo.

Leia também

"Eu acho que a gente não pode é ficar abalado. A vitória não veio ainda, mas a gente tá trabalhando duro. Vamos fazer os últimos ajustes para a vitória vir no próximo jogo. Eu acho que é questão de detalhe", afirma Giva.

"A gente está pecando em alguns aspectos, a bola não está entrando, mas eu creio que o professor Pivetti vai ajustar agora nesses últimos dias para a vitória vir", completou.

Oportunidade agarrada

Com passagens em times do Sudeste e Sul do país, Giva Santos encara a sua primeira passagem pelo futebol nordestino. O jovem atleta, que estava no Athletico, afirmou que não pensou duas vezes para aceitar a proposta do Azulão.

"O CSA é um time de camisa muito grande, então, significa muito vir pra cá. Quando eu recebi a oportunidade, quando o professor Pivetti me ligou e perguntou se eu gostaria de vir pra cá, eu fiquei muito feliz. Empolguei vestir este manto. É uma honra poder vestir esta camisa", falou o volante.

Briga pela titularidade

O jogador de 22 anos terá que se esforçar bastante para conquistar a titularidade. Ele se junta a Geovane, Gabriel Tonini e Silas na disputa pela vaga na volância. Giva elogiou seus companheiros de posição e afirma acreditar na avaliação de Bruno Pivetti para escolher os 11 melhores para entrar em campo.

"São grandes jogadores. Acho que vai ser uma disputa sadia e todo mundo tá trabalhando para brigar por posição, mas acho que o professor Pivetti vai escolher quem estiver melhor. Então, quem estiver melhor vai ficar com a vaga", disse.

Características

Com poucos dias no CT Nelson Feijó, o volante fez questão de se apresentar ao torcedor azulino. Entre suas melhores características, Giva colocou a quebra de linha com passes verticais, o bom passe e a chegada na área como as principais. Além disso, o atleta também se define como um jogador versátil.

"Eu gosto de jogar um pouco mais por trás, porque gosto de ditar o ritmo da equipe, mas tanto faz. Como primeiro volante ou segundo eu me adapto bem", salientou o jogador.

Próximo desafio

O Azulão busca a primeira vitória contra o Londrina neste domingo (20). O jogo, válido pela quinta rodada da Série B, será realizado às 20h30, no Rei Pelé. A Gazetaweb levará todas as emoções do duelo até você em Tempo Real. A transmissão terá início às 19h30.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas