Fora de casa, contra o vice-líder Coritiba, CRB tenta retornar ao G-4 da Série B

Primeiros resultados da 13ª rodada tiram quarto lugar Galo, que depende de suas forças para voltar ao grupo dos ascendentes

Encerrando a 13ª rodada da Série B, o CRB voltará a campo nesta quinta (22), contra o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A partida acontece às 19h, e será o penúltimo jogo da rodada. Enquanto o time paranaense busca não deixar a liderança da Série B se distanciar, o Galo precisa da vitória para retornar ao G-4.

Cenário

O CRB esqueceu a derrota para o Guarani da melhor forma possível: vencendo o Vila Nova e retornando ao G-4. A vitória dentro do Rei Pelé levou o time alagoano aos 20 pontos e ao 4º lugar até o início da rodada. Isso porque, com a vitória do Goiás na última terça (20), o Galo foi ultrapassado e, agora, precisa vencer para seguir no grupo dos quatro melhores. Se vencer o Coritiba, o Regatas garante mais uma rodada dentro do G-4.

O clima também é muito bom do outro lado da moeda. O Coritiba tem o segundo melhor aproveitamento da Série B, com 72,7%, inclusive, podendo ultrapassar a do líder Náutico. O Coxa engatou uma enorme sequência sem perder; sua única derrota aconteceu na segunda rodada, contra o Botafogo. Os paranaenses buscam a vitória para continuar dependendo, apenas, de suas forças para assumir a liderança da Série B.

Coritiba e CRB voltam a se enfrentar pela primeira vez desde 2019 - Foto: Ailton Cruz

CRB

Apesar de ser um dos melhores mandantes da Série B, o time alvirrubro ainda precisa se encontrar em jogos como visitante. Até aqui foram seis partidas, duas vitórias e quatro derrotas, sendo uma dessas vitórias no clássico contra o CSA. Essa oscilação tem sido prejudicial na tentativa regatiana de entrar no G-4. O time marcou gol somente em dois jogos fora de casa: contra Cruzeiro e CSA.

Mesmo assim, a expectativa dentro do Ninho do Galo é muito alta. O time ainda vem se reforçando para qualificar ainda mais o seu elenco. Nesta semana, o atacante Júnior Brandão assinou, e o Galo ainda acertou com o atacante Jajá, ex-Atlético-PR, e o goleiro Arthur, ex-Coritiba, que, por coincidência, é o adversário da rodada.

Apesar dos novos reforços, nenhum deles irá enfrentar o Coxa. A boa notícia fica em relação aos desfalques. Allan Aal não perdeu ninguém por suspensão e apenas o já lesionado Diego Ivo se mantém fora, assim como Alisson Farias. A dúvida do treinador deve ser em quem utilizar como centroavante: Alan James, Careca ou Vitão.

Após desencantar, Alan James pode ganhar oportunidade no time titular - Foto: Ailton Cruz

Buscando ter melhores resultados fora de Maceió, Allan Aal não deve fazer grandes alterações, e, como o Coxa é um adversário direto, o professor deve mandar força máxima com: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Jean Patrick e Diego Torres; Ewandro (Renan Bressan), Erik e Alan James (Nicolas Careca).

Coritiba

Faz quase dois meses que o Coritiba sofreu uma derrota para o Botafogo na Série B. De lá pra cá, o time alviverde não perdeu mais pelo Brasileirão. Em números, a campanha do Coxa se resume em sete vitórias, três empates e uma única derrota, sendo nove jogos de invencibilidade.

A bela campanha do Verdão passa muito pelos pés de um ex-regatiano: Léo Gamalho. Conhecido por ser um artilheiro muito aproveitador, o centroavante já marcou seis gols na atual campanha do Coritiba na Série B. Além disso, a diretoria da equipe paranaense apostou em nomes experientes e conhecidos da torcida, como o meia Robinho, o zagueiro Henrique e o volante William Farias.

O time do paraguaio Gustavo Morínigo vem encaixando. Com poucas mudanças entre os titulares, o treinador parece ter encontrado os 11 ideais para iniciar os jogos. Para o duelo com o CRB, Morínigo poderá contar com Robinho, que virou dúvida, após sair desgastado do confronto com o Sampaio Corrêa. Rafinha retorna, após suspensão, e Gustavo Bochecha segue fora por lesão.

Em grande fase, Morínigo se tornou o segundo técnico estrangeiro com mais jogos pelo Coxa - Foto: Divulgação/Coritiba

Uma mudança que pode aparecer nos titulares é na lateral esquerda, já que o jovem Guilherme Biro não foi bem na última rodada. Por isso, o treinador deve escalar o Coxa da seguinte forma: Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro (Romário); William Farias, Val e Robinho; Waguininho, Igor Paixão (Rafinha) e Léo Gamalho.

Arbitragem

Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF-RN), do quadro catarinense, estará no comando do apito. Os bandeiras serão Vinicius Melo de Lima (CBF-RN) e Flavio Gomes Barroca (CBF-RN). A responsabilidade do quarto árbitro estará a cargo do paranaense Gustavo Nogas (CBF-PR).