Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

FAF se pronuncia sobre crise na Copa AL e afirma: 'Vamos repensar'

Nas três primeiras rodadas do torneio, três jogos não aconteceram por falta de equipamento médico

A Federação Alagoana de Futebol (FAF) se pronunciou oficialmente nesta quarta-feira (15) sobre os três casos de W.O que aconteceram nas três primeiras rodadas da Copa Alagoas. Os jogos Dínamo x CSE (2ª rodada), FF Sport x Zumbi (2ª rodada) e CRB x ASA (3ª rodada) não aconteceram por falta de equipamento médico e/ou falta do próprio profissional.

Em nota oficial, a entidade lamentou os ocorridos e afirmou que o objetivo da competição é gerar sempre mais jogos e empregos. Porém, devido às últimas ocorrências, a realização do campeonato será revista.

Leia também

No entanto, não ficou claro que se é para temporadas futuras ou já para este ano. Lembrando que 13 equipes estão na disputa da Copa Alagoas, que dá uma vaga na Série D do Brasileiro do ano que vem, além de uma vaga na Seletiva da Copa do Brasil.

Confira a nota na íntegra:

"A Federação Alagoana de Futebol (FAF) lamenta profundamente os três episódios de W.O. ocorridos pela Copa Alagoas, devido à ausência de médico. A presença de profissionais capacitados é essencial para garantir a segurança e a integridade dos atletas.

O regulamento da Copa Alagoas prevê a aplicação subsidiária do Regulamento Geral de Competições da CBF, que traz algumas obrigações ao clube mandante, como a necessidade do médico e a manutenção no local da partida de equipamentos de primeiros socorros, inclusive o desfibrilador, que habitualmente compõe a lista de equipamentos da ambulância de suporte avançado.

Entendemos que a Copa Alagoas tem como objetivo gerar mais jogos e empregos, contribuindo para o desenvolvimento do futebol alagoano. Por isso, a FAF tem investido recursos significativos na competição, garantindo o pagamento de arbitragem, staff e transmissão, entre outros.

No entanto, a falta de comprometimento com a competição coloca em risco todo o trabalho realizado e a credibilidade da Copa Alagoas. Diante desta situação, sem dúvidas vamos repensar a competição.

Reiteramos que a FAF está comprometida em promover e fortalecer o futebol alagoano, mas para isso é necessário que todos os envolvidos se comprometam e valorizem a competição.

Atenciosamente, Federação Alagoana de Futebol (FAF)"

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas