Fabrício mira jogo com o Vasco e avisa que CSA não jogou a toalha: 'Temos que acreditar'

Azulão é 8º colocado na Série B, com 45 pontos; diante do Cruzmaltino, vai tentar encurtar a distância para o G-4, atualmente de oito pontos

O CSA não joga a toalha. A ordem é acreditar e buscar até o fim a classificação para a Série A do Brasileiro. Após a derrota para o Operário, no Trapichão, o Azulão encara o Vasco nesta sexta-feira (29), às 21h30, no Rio de Janeiro, pela 32ª rodada.

Uma das opções de Mozart Santos no sistema defensivo, o zagueiro Fabrício reconheceu o desafio que é encarar o Gigante da Colina em São Januário, mas conta que o grupo deve fazer sua parte, apostando no "ritmo forte" para surpreender o adversário.

"Nós estamos a dois pontos do Vasco. Uma vitória sobre eles será fundamental na briga pelo acesso. Enfrentar eles lá é sempre uma missão difícil, mas não podemos ficar pensando nisso. É fazer nosso jogo com um ritmo forte para vencermos".

O CSA um sofreu um apagão defensivo nos últimos dois jogos e viu a distância para a zona de classificação aumentar, agora é de oito pontos. Contra o Goiás, na Serrinha, perdeu por 3 a 1, em jogo irreconhecível, com muitas falhas. Diante do Operário, foi batido por 4 a 2, em duelo de duas viradas.

A queda de produção diminui as chances de acesso de 14 para 5%, segundo o site Infobola. Mozart Santos assumiu a responsabilidade pelo momento de desequilíbrio e disse que o grupo tem buscado forças nos treinamentos para reagir logo.

Jogadores do Operário comemoram gol em Maceió. CSA vacilou defensivamente e perdeu por 4 a 2 - Foto: Ailton Cruz

Apesar do momento instável, Fabrício acredita que o clube pode novamente voltar a alegrar o torcedor, como o fez quando engatou cinco vitórias e um empate em seis confrontos.

"Serão sete jogos, sete finais. Agora é momento de fazer uma boa sequência novamente para entrar no G4 até a última rodada para garantir o clube na Série A. É possível e temos que acreditar até o fim nisso. Vamos continuar nos dedicando muito para terminarmos o ano com esse objetivo alcançado", reforçou.