Em situações opostas na tabela, CSA busca retomar o caminho das vitórias contra o Grêmio

Com risco alto de entrar na zona do rebaixamento, Azulão tenta frear boa fase gaúcha na Série B do Brasileiro

Nesta quinta-feira (23), às 21h30, o CSA entra em campo para o seu 14ª desafio dentro da Série B. Desta vez, o embate será contra o Grêmio, que vem brigando na parte de cima da tabela. O confronto acontece no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e é valioso para ambos os lados, seja para fugir da zona do rebaixamento, no caso azulino, ou para se aproximar do líder Cruzeiro, no lado gremista.

Panorama

A vida do Azulão dentro da Série B não está nada fácil. O CSA tem o seu pior início de Série B desde a era dos pontos corridos. Assim, na tabela, o clube ocupa a 16ª posição, sendo o porteiro da zona do rebaixamento, com apenas 14 pontos. No total, são quatro jogos sem vitórias e uma preocupação gritante para a sequência da temporada.

Já a fase do Grêmio entra em total contraste. Uma das equipes mais ricas da Série B, o Tricolor mantém uma sequência de sete jogos sem derrotas, com cinco empates e dois triunfos. O momento deu aos gaúchos uma vaga dentro do G4. Atualmente, a equipe ocupa o 4º lugar, com 21 pontos, contudo, ainda é ameaçado pelo Sport, que está em quinto, com 20.

Alberto Valentim fará o seu segundo jogo comandando o time marujo - Foto: Morgana Oliveira

CSA

Com pouco tempo de trabalho, o técnico Alberto Valentim já comandou a equipe dentro de campo, no empate por 0 a 0 com o Guarani, em Campinas. Apesar disso, ainda não teve tempo hábil para conhecer seus jogadores, já que tem apenas seis dias de clube. Desta forma, o confronto de logo mais será um teste gigante para o precoce trabalho.

Para o jogo, o técnico não terá o meia Didira, que cumprirá suspensão pelo terceiro amarelo. Porém, a boa notícia é que todos os titulares utilizados contra o Guarani estarão à disposição. Os únicos desfalques, por conta de lesões, são os mesmos: Clayton, Cedric, Ernandes e Gabriel Tonini. Outra novidade que deve aparecer no banco de reservas é Bruno Mota, que não vinha sendo relacionado por Mozart.

A ideia é que Valentim mantenha o esquema tradicional, 4-4-2, porém, foque muito na defesa. Werley segue com problemas e é a principal dúvida. No meio, o novo treinador azulino deve voltar a utilizar dois volantes com características de marcação, casos de Geovane e Giva Santos.

Ao lado de Giva Santos, Geovane deve reforçar a marcação nos atacantes gremistas - Foto: Morgana Oliveira

Não há tantos segredos no tocante aos 11 iniciais. No banco, Sassá deve seguir fora, mas Bruno Mezenga tem chance de ser relacionado. Assim, Alberto Valentim deve jogar com: Marcelo Carné; Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane, Giva Santos (Marco Túlio), Gabriel e Lourenço; Osvaldo e Rodrigo Rodrigues.

GRÊMIO

São sete partidas sem derrotas, mas a torcida do Grêmio não está 100% satisfeita com o desempenho. Entre as críticas, a baixa produção ofensiva do clube tem sido alvo. Até agora, o Tricolor marcou 11 gols na Série B, sendo que sete deles foram feitos pelo artilheiro Diego Souza, gerando uma certa dependência do centroavante. Por outro lado, o clube possui a melhor defesa da Segundona, com apenas quatro gols sofridos.

Muito dessa boa atuação defensiva vem pela mudança de ideia do técnico Roger Machado. Durante a Série B, o treinador decidiu utilizar uma formação com três zagueiros e o time armado no contra-ataque. Contra o CSA, porém, Roger não terá seu trio de zaga titular e pode dar oportunidade para o jovem zagueiro Natã, oriundo da base.

Experiente Diego Souza é o artilheiro da Série B, com sete gols - Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Além disso, o Grêmio não terá os volantes Thiago Santos e Villasanti, por estarem suspensos. Com isso, o ex-Real Madrid Lucas Silva pode voltar ao time titular. A boa notícia é o retorno do lateral direito Rodrigo Ferreira, que deve ocupar a ala, no lugar de Jhonatan Varela.

No DM, seguem jogadores importantes como o goleiro Breno, o atacante Ferreirinha e o zagueiro Kannemann, que nem viajaram para Maceió. O Imortal deve entrar em campo com: Gabriel Chapecó; Pedro Geromel, Bruno Alves e Natã (Gabriel Silva); Nícolas, Lucas Silva, Rodrigo Ferreira e Bitello; Biel, Janderson e Diego Souza.

Arbitragem

Ramon Abatti Abel (CBF/SC) apita o duelo em Maceió, enquanto terá Kleber Lúcio Gil (FIFA/SC) e Éder Alexandre (CBF/SC) como seus assistentes. Rafael Carlos Salgueiro Lima (CBF/AL) ficará como 4º árbitro. Na arbitragem de vídeo, também teremos profissionais de Santa Catarina. Rodrigo D'Alonso Ferreira (CBF/SC) será o VAR, enquanto o assistente será Johnny Barros de Oliveira (CBF/SC).