Em Porto Alegre, CSA perde para o Grêmio e garante mais uma rodada no Z4 da Série B: 2 a 0

Recheado de desfalques, Azulão é completamente dominado pelos gaúchos e segue perto do rebaixamento para Série C

O risco de rebaixamento está cada vez mais perto do CSA. Na noite desta terça-feira (4), o Azulão entrou em campo cheio de desfalques e foi derrotado pelo Grêmio, por 2 a 0, na Arena, em Porto Alegre. O confronto foi válido pela 33ª rodada da Série B, e afundou o time azulino na zona da degola de uma vez por todas. Com isso, restam apenas cinco partidas para o time alagoano buscar a permanência.

Os gols gremistas foram marcados por Lucas Leiva e Diego Souza, ambos de cabeça, ainda na primeira etapa. Clique aqui e confira como foi Grêmio 2x0 CSA através do Tempo Real da Gazetaweb.com!

Com a derrota, Azulão chegou a sua segunda derrota seguida na Segundona - Foto: Ascom/CSA

Com o placar, a equipe azulina estacionou no 17º lugar, com 35 pontos. Para seguir com chances de deixar o Z4 na próxima rodada, precisa de um tropeço do Novorizontino, que enfrenta o Bahia logo mais. Por outro lado, o Tricolor Gaúcho está muito próximo do acesso. Com 56 pontos, o Imortal segue na segunda posição, com uma gordura de seis pontos em relação ao quinto colocado.

A próxima rodada já começa nesta semana para os clubes. Ou seja, pouquíssimo tempo para descanso. O CSA joga nesta sexta-feira (7), às 21h30, contra o Sampaio Corrêa, no Estádio Rei Pelé. Por sua vez, o Grêmio atua no sábado (8), às 16h30, contra o Londrina, no Estádio do Café, no Paraná.

PRIMEIRO TEMPO

O CSA entrou em campo completamente diferente, já que boa parte de seus jogadores foram poupados. Para o Grêmio, foi uma bela oportunidade de controlar a partida. A primeira chance veio logo cedo, com 1 minuto. Guilherme teve bom espaço pela esquerda, se arrumou e mandou um belo chute para a defesa de Carné. O Tricolor seguiu em cima, com 2min, Lucão afastou cruzamento perigoso de Lucas Leiva.

O Azulão só conseguiu chegar ao ataque com 6 minutos, após cobrança de escanteio de Igor. Contudo, a defesa gremista cortou. Com 7min, foi a vez de Ferreira tentar, com chute de fora da área, que foi pela linha de fundo.

O jogo foi ficando meio morno, só que o Tricolor descolou uma boa falta, aos 11 minutos. Em jogada ensaiada, Bitello lançou Edilson pelo lado direito. O lateral teve espaço e cruzou na segunda trave, onde Lucas Leiva apareceu e mandou um belíssimo cabeceio, no fundo das redes: 1 a 0 para os gaúchos, aos 13 minutos.

Vencendo, os donos da casa ficaram ainda mais tranquilos em campo. O CSA não conseguia nem ficar com a bola e o Grêmio seguia pressionando no ataque. E o Azulão não aguentou a pressão. Com 19 minutos, a jogada veio pelo lado esquerdo. Novamente sem marcação, Diogo Barbosa fez o cruzamento e Diego Souza apareceu sozinho para cabecear e ampliar a vantagem para 2 a 0, aos 20min.

Dominado no primeiro tempo, CSA sofreu para segurar o Grêmio - Foto: Morgana Oliveira

O Grêmio estava insaciável e seguiu buscando o gol. Dois minutos após ampliar, Diego Souza fez o pivô e colocou Biel na grande área. O ponta finalizou rasteiro e Marcelo Carné fez uma bela defesa com a perna. Parecia que só os gaúchos jogavam na Arena, enquanto os azulinos assistiam. As raras tentativas do CSA se resumiam a cruzamentos sem direção.

Aos 34min, o Imortal chegou perto do terceiro gol. Edilson cruzou para Lucas Leiva, que apareceu sozinho na entrada da área. Porém, o volante pegou mal na bola e isolou. Com 41min, o CSA até assustou. Felipe Augusto cruzou e Lourenço desviou, mas fora da direção do gol.

Os minutos finais da primeira etapa foram de controle gremista. O Azulão, por outro lado, deu as últimas estocadas para buscar alguma coisa, sem sucesso. Aos 47min, Caio Max Vieira fechou a etapa inicial, com a vitória parcial dos gaúchos.

SEGUNDO TEMPO

O panorama do segundo tempo não foi muito diferente. Logo aos 50 segundos, Lucas Leiva teve a primeira chance de cabeça, mas finalizou para fora. Na resposta, Rickson finalizou de fora da área, porém, bem longe do gol. Com 3min, pela primeira vez, o CSA entrou na área. Após cruzamento de Igor, Rodrigo Rodrigues ficou com a bola, mas não conseguiu finalizar.

Com 5 minutos, Villasanti experimentou de longe e isolou a redonda. Todavia, o confronto diminuiu sua intensidade, com poucas chances criadas. O Grêmio só assustou novamente aos 13 minutos, quando Bitello finalizou pelo lado direito e Carné espalmou para escanteio. Na sequência, aos 14min, Biel arriscou no cantinho e o arqueiro azulino encaixou.

Ataque do CSA foi inofensivo e deu pouco trabalho para defesa gremista - Foto: Morgana Oliveira

Marcelo Carné era o destaque positivo em meio ao caos do Azulão. Aos 18, após Biel finalizar dentro da área, o goleiro fez mais uma bela defesa. Com 24min, o CSA teve sua melhor chance. Igor cobrou falta na segunda trave e Guilherme Paraíba cabeceou com força, para fora. Aos 27, veio a resposta. Edilson, de muito longe, mandou um petardo para Marcelo Carné espalmar.

O Grêmio seguiu martelando o CSA, rondando a grande área, mas sem finalizar. Quando teve a oportunidade, o terceiro gol ficou muito próximo. Biel conseguiu achar um belo cruzamento pela esquerda, Carné não pegou e Thaciano, na sobra, mandou uma bomba na trave azulina. Contudo, apesar do segundo tempo fraco, a torcida tricolor fez uma bela festa nas arquibancadas.

Nos minutos finais, os donos da casa fizeram uma partida de controle. Sem forças para reagir, o Azulão pouco fez. Aos 49 minutos, o Grêmio ainda chegou com perigo. Em jogada dentro da área, Carné vacilou e Bitello finalizou forte, mas errou o alvo. Contudo, não teve jeito. Final de jogo: Grêmio 2x0 CSA.

Azulão de Roberto Fernandes tem apenas cinco jogos para se livrar do rebaixamento - Foto: Morgana Oliveira

FICHA TÉCNICA

Grêmio - Brenno; Edilson (Léo Gomes), Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Leiva (Thaciano) e Bitello; Biel (Nícolas), Guilherme (Thiago Santos) e Diego Souza (Elkeson). Técnico: Renato Portaluppi.

CSA - Marcelo Carné; Igor, Guilherme Paraíba, Lucão e Felipe Augusto (Edson); Ferreira (Giva Santos), Rickson, Gabriel (William) e Lourenço (Luiz Henrique); Lucas Marques (Rogério) e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Roberto Fernandes.

Gols - Lucas Leiva (GRÊ - 13'/1T), Diego Souza (GRÊ - 20'/1T)

Cartões amarelos - Rickson (CSA); Ferreira (CSA); Elkeson (Grêmio); Felipe Augusto (CSA - suspenso)

Árbitro - Caio Max Augusto Vieira (CBF/RN)

Assistentes - Jean Márcio dos Santos (CBF/RN) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (CBF/RO)

Quarto árbitro - Anderson da Silveira Farias (CBF/RS)

VAR - Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR-FIFA/RN)

Assistente do VAR - Flávio Gomes Barroca (CBF/RN)