Em busca do sonho da Série A, CRB visita o Operário precisando vencer

Além disso, Galo torce por um tropeço do Avaí para subir; jogo será neste domingo (28), às 16h, no Estádio Germano Krüger

Chegou a hora que todo torcedor regatiano esperou durante todo o ano. Pela última rodada da Série B de 2021, o CRB visita o Operário, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, às 16h deste domingo (28). O confronto pode entrar para a história do Galo, pois poderá marcar a volta do Regatas à Série A do Brasileirão, depois de 37 anos longe da elite.

Para conquistar o tão sonhado objetivo, o CRB não depende só de si. Além de vencer o seu jogo, terá que torcer por um tropeço do Avaí, que enfrenta o Sampaio Corrêa, na mesma hora. Na rodada passada, venceu o Vitória, com autoridade, por 3 a 1, no Rei Pelé. Em 5º lugar, o Regatas tem 60 pontos, um a menos que o Avaí, primeiro time do G4.

O Operário chega na última rodada sem pretensões no campeonato. Sem risco de degola, o Fantasma quer terminar o campeonato da melhor forma possível. Na rodada passada, acabou perdendo para o Brusque, por 2 a 0, mas zerou suas chances de rebaixamento com a derrota do Vitória para o CRB. Com 45 pontos, os paranaenses estão na 15ª colocação.

CRB

Mesmo com a queda de rendimento no segundo turno do campeonato, o CRB chega na última rodada vivo na briga pelo acesso. Mas não depende mais só de suas forças. Além de bater o Operário fora de casa, torcerá por um tropeço do Avaí, que enfrenta o Sampaio Corrêa em casa. No primeiro turno, os catarinenses venceram, por 2 a 0, no Maranhão.

Allan Aal terá alguns desfalques para enfrentar os paranaenses. Suspensos, o zagueiro Gum, o atacante Nicolas Careca e o volante Jean Patrick ficam de fora da decisão. Ewerton Páscoa, se recuperando de lesão muscular, também não viajou.

Capitão Gum fica de fora da última partida da temporada - Foto: Felipe Duest, O Fotografico/Gazeta Press

Na zaga, Frazan será o substituto de Gum e fará dupla com Caetano. No meio, Aal deve manter Renan Bressan, que vem de dois bons jogos como titular. Wesley será o substituto de Jean Patrick. Com isso, o meio campo com quatro homens será mantido. No ataque, Emerson e Pablo Dyego deverão formar dupla, com Brandão no banco.

O provável time do CRB é: Diogo Silva; Celsinho, Frazan, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei, Wesley, Diego Torres e Renan Bressan; Emerson e Pablo Dyego.

OPERÁRIO

Alívio. É com essa sensação que o Operário entra em campo na despedida da temporada, contra o CRB. A derrota do Vitória, contra o próprio Galo, livrou o Fantasma do risco de rebaixamento para a Série C.

Com o futuro do clube já definido para a próxima temporada, engana-se quem pensa que Ricardo Catalá dará férias mais cedo para seus jogadores. O Operário terá força quase máxima, com um desfalque certo.

Ricardo Catalá colocará força máxima contra o CRB - Foto: André Jonsson/OFEC

O atacante Thomaz está suspenso e não enfrenta o Galo. Por outro lado, o Fantasma terá dois reforços importantes. O volante Leandro Vilela volta de suspensão, enquanto o lateral Djalma Silva volta de lesão e vai para o jogo.

O provável time do Operário é: Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão, Reniê e Djalma Silva (Fabiano); Guedes, Leandro Vilela e Rafael Chorão; Rodrigo Pimpão (Rafael Oller), Paulo Sérgio e Felipe Garcia.

ARBITRAGEM

O trio de arbitragem será da Federação do Distrito Federal. Sávio Pereira Sampaio (CBF) é o árbitro principal. Ele será auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (CBF). O quarto árbitro será Lucas Paulo Torezin (CBF-PR). No VAR, Pathrice Wallace Corrêa Maia (CBF-RJ) comanda as ações, sendo auxiliado por Lilian da Silva Fernandes Bruno (CBF-RJ).