Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Eleição no Azulão: Omar Coêlho é eleito presidente do CSA para quadriênio 2021-2025

Novo mandatário azulino já assume e fica no cargo até o dia 6 de dezembro de 2025

Omar Coêlho está oficialmente eleito como o novo presidente do CSA. O advogado, que teve apoio do ex-presidente Rafael Tenório, encabeçava a chapa 1, chamada de "Azulão, Paixão e Evolução". O anúncio da vitória veio na madrugada desta terça-feira (7), após a apuração de votos no Nelson Peixoto Feijó, em Maceió. O mandato de Omar será até o dia 6 de dezembro de 2025, quando se completa o quadriênio.

A espera foi quase interminável para quem compareceu no local. Especialmente após a apuração atrasar em quatro horas. Antes previsto para terminar às 23h, o resultado de 588 votos para Omar contra 265 de Brabo só foi conhecido na madrugada, por volta de 1h. No total, 853 votos foram computados.

Leia também

O evento teve uma marca histórica, especialmente por conta da participação da torcida azulina, que compareceu em grande massa. No total, mais de 2 mil sócios estavam aptos a votar. A chapa vencedora, intitulada de "Azulão, Paixão e Evolução", é composta por outros três membros, além de Omar Coêlho. São eles: Walmar Peixoto (vice-presidente), Lumário Rodrigues (superintendente de esporte) e Gilson Romeiro (superintendente administrativo).

A adesão dos torcedores foi tão grande que, inclusive, surpreendeu alguns presentes no local de votação. O vencedor do pleito, antes mesmo do anúncio oficial, já havia destacado à Gazetaweb o quanto era importante o envolvimento do torcedor com a decisão.

"Nunca ocorreu uma fluência de público tão grande pra votar em uma disputa do CSA. Isso mostra o quanto nos elevamos no nível estadual, junto com nossa torcida", contou Coêlho.

Inclusive, a apuração demorou muito mais tempo do que o previsto. Antes cotado para terminar às 23h, a apuração estendeu-se ao longo da madrugada, o que gerou ainda mais apreensão entre candidatos e torcedores presentes no Nelson Peixoto Feijó.

A presença em massa alterou, inclusive, o horário de finalização da votação. Com o início às 17h, o pleito só terminou às 21h28, quase meia hora de atraso em relação ao que havia sido informado pela comunicação do time marujo.


				
					Eleição no Azulão: Omar Coêlho é eleito presidente do CSA para quadriênio 2021-2025
Marcelo Brabo perdeu a eleição para a presidência executiva do CSA. Augusto Oliveira/CSA

Derrotado, o candidato da chapa 2, Marcelo Brabo, ainda conversou com a Gazetaweb sobre a dura derrota. Entretanto, disse que seguirá como um colaborador do Azulão do Mutange.

"Quanto à eleição, dever cumprido, fizemos nossa parte. Trouxemos o debate, até porque não adianta ter promessa e, em contrapartida, você não ter legitimidade para poder cobrá-las. Em relação ao CSA, vamos continuar como colaboradores, tanto de Conselho quanto fora dele", disse o candidato.

Os cargos para o Conselho Deliberativo e seu presidente não foram divulgados pelo time azulino, até o fechamento desta matéria. A previsão é que sejam anunciados durante o dia de hoje.


				
					Eleição no Azulão: Omar Coêlho é eleito presidente do CSA para quadriênio 2021-2025
Nelsão da Via Expressa teve casa cheia para a eleição do CSA. Raphael Alves

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas