Desportivo Aliança divulga vídeo em que Filipe André e Maykon selam a paz após briga em jogo contra o CSE

Atacante e lateral do Aliança se desentenderam no final da partida e trocaram agressões; presidente do clube, Luciano Lessa, intermediou as pazes

Uma cena chamou a atenção de quem assistiu à decisão do terceiro lugar do Alagoano. No fim da derrota para o CSE, enquanto o jogo estava parado, o lateral Maykon e o atacante Filipe André, companheiros de time, tiveram uma discussão forte que culminou na troca de agressões entre os dois, e ambos acabaram expulsos de campo.

No fim da tarde desta quinta (20), o clube divulgou um vídeo em que, junto com o presidente Luciano Lessa, os dois jogadores se pronunciam sobre o ocorrido e fazem as pazes. Segundo Luciano, o ocorrido não compactua com a visão do clube, mas entende o momento que os jogadores passaram.

“É um momento de cabeça quente, finalzinho do jogo, todo mundo entregando o último suspiro naquele momento da partida e houve o desentendimento entre os dois atletas. Foi algo muito superado. Eles sabem que isso não faz parte daquilo que a gente acredita no esporte, no que sempre tiveram de profissionalismo no Desportivo Aliança e em toda a sua carreira no futebol”, afirmou o dirigente.

O lateral esquerdo Maykon afirmou que tudo que aconteceu em campo, ficou em campo. No vestiário, os dois se desculparam. De acordo com ele, o momento reflete que todos estavam querendo dar o máximo pela camisa que vestiam.

“Só para deixar bem claro que entre eu e Filipe está tudo tranquilo. Aquilo foi um momento do jogo, no calor do jogo, todo mundo de cabeça quente querendo dar o melhor pro clube. E ali foi uma cobrança normal que ocorreu entre eu e ele e ocorreu aquela discussão que está repercutindo. A gente já conversou, se resolveu. E falar também que no vestiário não aconteceu nada, foi só aquele momento no jogo. No vestiário a gente se desculpou”, disse.

Já Filipe André disse que só quem já esteve dentro de campo sabe como a temperatura sobe, mas que a discussão mais áspera é algo comum no meio do futebol e reafirmou que já no vestiário a briga acabou.

“É uma situação que só entende quem esteve dentro das quatro linhas. Coração bate mais forte, a vontade de ganhar. Aí houve essa cobrança mais áspera, coisa totalmente normal no futebol. Mas, diferentemente do que possa estar noticiando aí, não houve nada além daquilo. No vestiário foi tudo tranquilo”, explicou o atacante.

Ainda segundo Filipe, os dois têm uma amizade próxima fora do campo. Filipe e Maykon estavam no time que foi campeão da Segunda Divisão do Estadual no ano passado. O atacante ainda explicou que o Aliança é um dos que menos levou amarelos na competição. Foram 16 no total.

“Além de companheiro de clube, temos uma amizade muito boa. Desde a segunda divisão do ano passado, fomos campeões juntos, desde a Copa Alagoas. Só puxar no histórico que o Aliança foi um dos times que menos teve cartões na competição. Foram uns parênteses que ocorreram ali e que servem de aprendizado para a gente”, completou, seguido por um aperto de mão entre os dois jogadores.