Desesperado na briga contra o rebaixamento, CSA enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre

Enfiado no Z4 da Série B, após derrota para o Guarani, Azulão tenta surpreender gaúchos, que brigam pelo acesso

Nesta terça-feira (4), o CSA tem mais uma oportunidade de deixar a zona do rebaixamento da Série B. Entretanto, o desafio será enorme. O Azulão encara o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre, às 19 horas, pela 33ª rodada da competição. O embate contrasta duas equipes em brigas distintas. Os alagoanos tentam manter a esperança de permanência, enquanto os gaúchos sonham em garantir o acesso o mais rápido possível.

Panorama

A vida do CSA não está nada fácil. A equipe vem de derrota, em casa, para o Guarani, que o prejudicou muito na briga contra a queda. Atualmente, o time marujo está na 17ª posição, com 35 pontos, e só sai do Z4 em caso de vitória, somado a um tropeço do Novorizontino, que enfrenta o Bahia. Qualquer deslize em Porto Alegre, garante o Azulão na degola por mais uma rodada.

Azulão pereceu contra o Guarani, dentro de casa, na última rodada da Segundona - Foto: Ailton Cruz

Já o Grêmio briga lá em cima. O Tricolor é o atual vice-líder da Série B, com 53 pontos, porém, ainda não conseguiu o acesso. O cálculo para os gaúchos é simples: caso consiga 100% de aproveitamento dentro da Arena, o acesso deve ser inevitável. Atualmente, faltando seis jogos para o fim da competição, a vantagem gremista para o 5º colocado é de seis pontos.

CSA

A derrota na última rodada abateu muitos torcedores azulinos. Jogando em casa e dependendo apenas de si para escapar do Z4, o CSA vacilou novamente. Agora, restando seis jogos para acabar o campeonato, cada ponto é valioso, por mais que o desempenho como visitante não venha sendo bom. Ao todo, o Azulão venceu apenas uma partida fora de casa.

Contra o Guarani, o técnico Roberto Fernandes teve riscos, armando a equipe numa formação mais ofensiva. Em Porto Alegre, porém, a escalação deve ser mais cautelosa, por conta da força gremista dentro de casa. O 4-3-3 deve ser colocado de lado, para a volta do 4-4-2, com um meio mais reforçado na marcação. Por isso, Rickson e Lourenço podem ganhar vaga no meio.

Barcelos e Osvaldo estão com problemas físicos e não encaram o Grêmio - Foto: Ailton Cruz

O grande problema deve ser o atacante Lucas Barcelos. Convivendo com problemas físicos, o jogador sentiu fortes dores na última partida e não estará entre os titulares de Fernandes. Fora isso, o DM azulino informou que outros jogadores estão fora, para serem poupados, casos de Osvaldo, Yann Rolim e Élton.

Sem outros grandes desfalques, além de Geovane e Diego Renan, que estão lesionados, um time bem diferente deve jogar. A provável formação do CSA é: Marcelo Carné; Lucas Marques, Lucão, Guilherme Paraíba e Édson; Giva Santos, Rickson, Gabriel (Canteros) e Lourenço; Mercado (Rogério) e Rodrigo Rodrigues.

GRÊMIO

Apesar da boa posição na classificação, o Tricolor Gaúcho vem oscilando nos últimos jogos. A principal reclamação do torcedor é o baixo desempenho fora de casa. Nas últimas vezes em que foi visitante, o Grêmio perdeu para Novorizontino e Sampaio Corrêa, respectivamente. Entretanto, quando se trata de jogar na Arena, a equipe vem correspondendo.

Sob o comando do ídolo Renato Portaluppi, o time espera, pelo menos, mais três vitórias para garantir o acesso. Após poupar jogadores contra o Sampaio, Renato deve ter força máxima contra o CSA. Os desfalques são mínimos. O meia Jhonata Robert rompeu os ligamentos de um dos joelhos e só volta na próxima temporada. Fora isso, apenas Campaz, Janderson e Ferreirinha seguem fora.

Lucas Leiva treinou e pode ser novidade no time de Renato Portaluppi - Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Já o cardápio de jogadores que retornam é enorme. Na defesa, os laterais Edilson e Diogo Barbosa, além do zagueiro Bruno Alves, retornam de suspensão. O volante Lucas Leiva, ídolo do clube, também fica livre dos cartões amarelos e pode jogar. Diego Souza, Geromel e Villasanti foram preservados contra o Sampaio e devem compor a equipe titular.

Priorizando um time mais ofensivo e com a volta do lateral esquerdo Nícolas, o Grêmio deve atuar com: Brenno; Edilson, Geromel, Bruno Alves (Kannemann) e Nícolas (Diogo Barbosa); Villasanti, Lucas Leiva e Bitello (Thaciano); Biel, Guilherme e Diego Souza.

Arbitragem

Caio Max Augusto Vieira (CBF/RN) apita o confronto. Com as bandeirinhas, Jean Márcio dos Santos (CBF/RN) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (CBF/RO) serão os assistentes de campo, enquanto Anderson da Silveira Farias (CBF/RS) será o quarto árbitro. Na cabine do árbitro de vídeo, Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR-FIFA/RN) comanda, ao lado de Flávio Gomes Barroca (CBF/RN).