Depois de marcar no clássico, Bruno Mota afirma que CSA chegará longe: "grupo muito forte"

Meia azulino já marcou dois gols na temporada, e começa a ser especulado no time titular

Nesse último sábado (27), o CSA empatou fora de casa com o ASA por 2 a 2 e se manteve na terceira posição do Campeonato Alagoano. Apesar do time alternativo alguns nomes se destacaram na partida. Um nome muito falado foi o de Bruno Mota, autor do primeiro gol azulino no jogo. O meia falou sobre como é entrar em campo, mesmo com uma equipe diferente da titular.

"É exatamente isso que o Mozart vem falando, a gente tem um grupo muito forte, né? Então independente de quem que entrar vai ajudar a equipe e o nível não vai baixar. A ideia é essa, se tiver começando o jogo ou no banco quem entrar tem que fazer a mesma coisa se não melhor pra poder ajudar a equipe", disse o jogador marujo.

O camisa 22 do Azulão ainda falou sobre o elenco que vem disputando a Copa do Nordeste e o Campeonato Alagoano, acreditando que pode chegar longe nas duas competições.

"Então, acho que não só nessas duas (Alagoano e Nordestão), estamos montando uma equipe pra brigar por todas as competições que a gente disputar e essas duas são as que a gente vem disputando agora, então é focar pra poder chegar nas duas", explicou Bruno.

A maratona azulina tem ficado enorme nos últimos dias. Depois de viajar para Sobral, Recife e Arapiraca, o CSA agora terá uma partida na cidade do Ceará, onde encara o Ceará pela Copa do Nordeste. O descanso foi um dos tópicos falados por Bruno Mota.

"Isso é bastante da comissão com os jogadores também, e quando da pra descansar tem que descansar, tem que não só quando tiver aqui no clube, jogador tem a vida fora mas tem que fazer o máximo pra poder tá recuperado para os próximos jogos. Acho que essa é equipe é uma equipe muito focada nisso, por isso vem dando certo", disse.

Mozart terá boa dor de cabeça para o jogo contra o Ceará - Foto: Ailton Cruz

Algo bem relevante foi sobre sua polivalência e como pode ser usada pelo técnico Mozart. Bruno Mota fez questão de pontuar que treina em diversas posições e que não tem uma preferência de local para atuar.

"Preferência, não temos preferência, acho que onde o Mozart conseguir encaixar onde ele vê onde eu possa ajudar mais a equipe, eu vou estar pronto pra ajudar, até porque eu treino não só em uma posição, né? Onde der pra ajudar, onde ele ver que eu consigo ajudar mais a equipe, é onde eu vou estar preparado e vou estar pronto pra ajudar" destacou o meia.

Sobre o jogo da próxima quarta-feira (31), o meia falou sobre a expectativa de ser escolhido para começar entre os 11 titulares, mas pregou cautela e deixou a responsabilidade nas mãos do treinador Mozart.

"Não sei o que te dizer em relação a isso, porque isso vai muito do que a comissão e o Mozart vão querer pro jogo, mas se eu for escolhido eu vou estar pronto pra ajudar a equipe lá e conseguir os três pontos" encerrou.