De Penedo para o Flamengo: Marinho é apresentado no clube do coração do pai

Zé Carlos, pai do atacante de 31 anos, participou da apresentação do filho pela primeira vez e foi às lagrimas: "Não dá nem para acreditar"

Esta segunda-feira (31), ficará para sempre guardada na memória do atacante Marinho e seu pai, Zé Carlos. O jogador alagoano, de 31 anos, natural de Penedo, município de Alagoas, foi oficialmente apresentado no Flamengo, um dos melhores clubes do cenário do futebol nacional atualmente, e contou com a presença do seu genitor.

Torcedor fanático do clube, Seu Zé Carlos roubou a cena, ao ser chamado na mesa de entrevista para vestir a camisa do Rubro-Negro. Abraçados, pai e filho não aguentaram a emoção e choraram. "Vai vestir a camisa!", disse um emocionado Marinho antes de o pai se declarar ao Mengão, completando: "Não dá nem para acreditar".

"Quero agradecer a Deus por estar aqui e receber o convite do meu filho. Não tenho palavras. Parece que a ficha não caiu de eu estar aqui. Não dá nem para acreditar. Nunca esperava acontecer isso. Sempre pedi a ele para jogar no time que eu mais amo e chegou o momento", disse Zé Carlos.

Marinho e Seu Zé Carlos com a camisa do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza / CRF

Comprado ao Santos por pouco mais de R$ 7 milhões já pagos à vista, Marinho foi a escolha de investimento imediato do Flamengo, após a saída de Michael. Uma negociação dependia da outra, por sinal. Eleito Rei da América pelo desempenho com a camisa do Santos há um ano, o atacante de 31 anos foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira, no Ninho do Urubu.

"Todo jogador quer estar em um grande clube como o Flamengo. Parece que a ficha não caiu ainda. Chego ao hotel e parece que não é verdade, parece que é um dia que vem se repetindo. Sei do peso da camisa e sei do privilégio que é grande. Quero agradecer aos torcedores por tanto carinho desde a chegada", enfatizou o atacante.

Como fez pré-temporada com o Santos normalmente, a tendência é que Marinho já esteja apto a estrear na próxima quarta-feira (02), contra o Boavista, em Volta Redonda, no primeiro jogo de Paulo Sousa no banco de reservas. O clube corre agora para resolver questões burocráticas a tempo da escalação.

Revelado pelo Fluminense e com passagens por Internacional, Caxias, Paraná, Goiás, Ituano, Náutico, Ceará, Cruzeiro, Vitória, Changchun Yatai, Grêmio e Santos, Marinho agora realiza o sonho do Seu Zé Carlos.