CSE joga suas últimas fichas na Série D, contra o Lagarto, no Juca Sampaio

Tricolorido encontra-se na penúltima posição do Grupo 4 e abre rodada desesperado por uma vitória

A situação do CSE na Série D encontra-se complicada. Sem vencer há quatro jogos, o clube palmeirense buscará, neste sábado (2), sua retomada dentro da competição. No entanto, o desafio não será fácil. O Tricolorido entra em campo no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, às 19 horas, contra o vice-líder Lagarto, que busca sua classificação para o mata-mata.

Panorama

O Tricolorido está em busca de um milagre. Com 11 pontos e na penúltima posição, o CSE precisa de uma reta final perfeita para se classificar com certa tranquilidade. O clube só pode alcançar 20 pontos e, apesar dos matemáticos calcularem 21 pontos como número mágico, o time palmeirense precisa secar os adversários diretos.

O Lagarto, por outro lado, já vive uma expectativa alta ao lado do seu torcedor. Com 18 pontos e a vice-liderança, o Periquito tem um pé no mata-mata. Inclusive, a motivação para vencer em Palmeira dos Índios está na possibilidade de classificação nesta rodada. Para isso, basta um triunfo próprio e uma vitória do Santa Cruz sobre a Juazeirense, neste domingo (3).

CSE

A semana do CSE foi bem vazia. Sem muitas informações, o clube se resguardou após a triste e dura derrota para o Sergipe, fora de casa. Inclusive, superou os rumores sobre a possível saída do técnico Betinho, que não tem alcançado bons números com a camisa tricolor.

Tiago Recife está fora do confronto decisivo após levar o terceiro amarelo - Foto: Ítalo Ramon/CSE

Desta forma, é muito difícil que o clube faça qualquer movimentação de mercado para as últimas rodadas. Ou seja, jogará com o que tem. Vale lembrar que o CSE perdeu quatro jogadores nas últimas duas rodadas e não terá tantas peças à disposição. Vinícius Vargas, por exemplo, se despediu contra o Gipão e não atua mais pelo clube.

Betinho ganha o retorno de Marcos Antônio, que pode ser titular pelo seu chute forte de longe. Matheus Régis e Lima seguem brigando por uma vaga entre os titulares, porém, podem jogar juntos. Um desfalque certo é o atacante Tiago Recife, suspenso. Com isso, o Tricolorido deve jogar com: Alex; Renato, Janelson, Hugo Teixeira e Izaldo; Amaral, Luizinho, Jean Carlos e Júnior Timbó; Lima e Matheus Régis.

LAGARTO

Mesmo sem estar classificado matematicamente, o Verdão parece estar com a cabeça no mata-mata. Durante a semana, o Lagarto anunciou a contratação de dois reforços. Cleiton (ex-Betim) e Diogo (ex-Madureira) já se apresentaram e foram regularizados. Caso o técnico Givanildo Sales opte por uma escalação alternativa, ambos têm chance de estrear.

Outro atleta regularizado é o zagueiro Mateus Martins. Após atuar na Paraíba, pelo São Paulo Crystal, o atleta também vira opção. A semana movimentada ainda acarretou nas rescisões de contratos dos atacantes Erick e Thiago Santos, que pouco atuaram.

A boa notícia para o experiente treinador lagartense são os retornos de Guilherme Lucena e Felipe Jacaré. O centroavante Pedro Henrique, suspenso, está fora do embate. Assim, o Lagarto deve jogar com: Careca, Guilherme Lucena, Davi, Júnior Goiano e Márcio Duarte; Rhuan, Felipe Jacaré (Natan), Davi Ceará e Bruninho; Lucas e Neto.

Arbitragem

Para o confronto nordestino, a arbitragem também virá do Nordeste. Jardiel da Rocha Soares (CBF/PI) apita o jogo e terá como assistentes dois membros da Federação Alagoana de Futebol (FAF), com Ruan Luiz de Barros Silva (CBF/AL) e Maria de Fátima Mendonça da Trindade (CBF/AL). Helder Brasileiro de Aquino (CBF/AL) é o quarto árbitro.