Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

CSA visita a Chapecoense para encostar no G-4 em jogo atrasado da segunda rodada

Verdão do Oeste está invicto em casa e Azulão só venceu uma como visitante; jogo será nesta terça (27), às 19h

Em jogo atrasado da segunda rodada da Série B, o CSA visita a Chapecoense nesta terça (27), às 19h, na Arena Condá. O jogo foi adiado devido ao surto de Covid-19 que o elenco do Azulão sofreu no início da competição, onde 20 jogadores foram infectados e precisaram cumprir isolamento. Com isso, o CSA conseguiu o adiamento das partidas contra Cuiabá e Chapecoense.

Vindo de empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, o CSA terá uma missão muito complicada. A Chapecoense está invicta jogando em casa pela Série B, com seis vitórias e dois empates. Já o Azulão só tem uma vitória como visitante na competição, contra o Vitória. O time azulino está em 10º lugar, com 24 pontos, quatro a menos que o Juventude, primeiro time no G-4.

Leia também

Em ótima fase e invicto há 12 jogos na Série B, a líder Chapecoense recebe o CSA para se manter na liderança. Se vencer o duelo, abrirá quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder América-MG. Após vencer o Operário-PR em casa, o clube quer manter sua invencibilidade em casa. Sua última derrota na Arena Condá foi em fevereiro para o Brusque, pelo Catarinense. O Verdão do Oeste é o líder da competição, com 36 pontos. Tem um a mais que o América-MG, com 35.

CSA

Apesar de empatar em 1 a 1, com o Brasil de Pelotas, na última sexta (23), o técnico Mozart falou que gostou do que viu. Apesar de ter sido um jogo atípico pelo gol tomado muito cedo, o CSA teve domínio amplo no primeiro tempo e poderia ter até saído para o intervalo com a vitória.

"Nós não tínhamos, tirando o jogo contra o Sampaio (derrota por 1 a 0), vivenciado isso ainda. Mas eu gostei bastante da postura da equipe; mesmo tomando o gol, controlamos o jogo, fizemos um grande primeiro tempo, onde fizemos o gol, tivemos um gol anulado e, mais do que isso, tivemos bastante controle do jogo com a bola. Então, foi positivo", disse.


				
					CSA visita a Chapecoense para encostar no G-4 em jogo atrasado da segunda rodada
FOTO: Ailton Cruz

Ainda sobre Mozart, a torcida azulina pode respirar aliviada. Mozart recebeu convite para treinar o Coritiba após a demissão de Jorginho, mas Rodrigo Pastana, executivo de futebol do CSA, afirmou que Mozart declinou o convite e ficará no clube.

"Não chegou proposta ao clube, pois o treinador agradeceu o convite e confirmou que irá ficar no CSA até o final do seu contrato", afirmou em contato à Gazetaweb.

Para a partida contra a Chape, Mozart deverá promover a volta de peças importantes para o time. A tendência é que Cléberson, Rafinha e Geovane retomem a titularidade após ficarem de fora contra o Brasil-RS. Em contrapartida, Mozart não contará com Andrigo, Pedro Júnior, Igor Fernandes, Bilu e Rodrigo Andrade, todos entregues ao Departamento Médico. Yago também desfalca o time por suspensão e Victor Paraíba se juntou ao elenco em Chapecó.

Ao todo, o elenco conta com sete jogadores pendurados com dois cartões amarelos: o goleiro Matheus Mendes, os zagueiros Luciano Castán e Cléberson, os volantes Marquinhos e Geovane, e os atacantes Pedro Lucas e Paulo Sérgio.

Uma provável escalação do CSA é: Matheus Mendes, Diego Renan, Luciano Castán, Cléberson, Rafinha;  Geovane, Victor Paraíba, Nadson; Allano(Rone), Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio.

CHAPECOENSE

Líder do campeonato, a Chape pode garantir o título simbólico da Série B se vencer o CSA nesta terça (27). Por mais que não haja taça para isso, esse é um marco importante para as estatísticas: desde 2006, somente três equipes que viraram o turno da liderança não garantiram o acesso ao final da Série B: o Coritiba em 2006, o Criciúma em 2007 e o Ceará em 2014.

Para garantir a vitória, o time terá sua dupla de defesa titular de volta. Após cumprir suspensão contra o Operário-PR, Joílson voltará a formar dupla de zaga com Luiz Otávio. Com essa dupla, em 22 jogos, o time sofreu apenas sete gols, média de menos de um gol a cada três partidas. Muito por conta da dupla, a Chapecoense tem a melhor defesa da Série B, com cinco gols sofridos.


				
					CSA visita a Chapecoense para encostar no G-4 em jogo atrasado da segunda rodada
FOTO: Pedro Vale/ACF

Umberto Louzer terá como desfalques para a partida: Bruno Silva, Denner, Evandro, Felipe Garcia, Fernandinho, Matheus Ribeiro lesionados; Ezequiel suspenso; Alan Santos, Moisés Ribeiro, Roberto e Vagner em transição; Thiago Ribeiro não relacionado para tratar de problemas particulares.

No mais, o time de Louzer deverá ser o mesmo dos últimos jogos: João Ricardo, Rafael Santos, Joílson, Luiz Otávio, Alan Ruschel; Willian Oliveira, Anderson Leite, Aylon; Paulinho Moccelin, Anselmo Ramon e Lucas Tocantins.

ARBITRAGEM

O árbitro da partida será Vinicius Gomes do Amaral (CBF). Ele será auxiliado por Tiago Augusto Kappes Diel (CBF) e Fabricio Lima Baseggio (CBF). O trio é do Rio Grande do Sul. Já o quarto árbitro será Gustavo Ervino Bauermann (CBF), de Santa Catarina.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas