Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

CSA vence o Coritiba no Alto da Glória e encosta de vez no G4 da Série B: 1 a 0

Com gol do herói improvável Wellington, Azulão chega a entrar no G4, entretanto, vitória do Avaí frustra planos mais ambiciosos

O sonho do acesso azulino segue mais aceso do que nunca. Na tarde deste domingo (21), o CSA bateu o vice-líder Coritiba por 1 a 0, com gol do zagueiro Wellington, em jogo válido pela 37ª rodada da Série B do Brasileiro.

O resultado levou o time alagoano para o 5º lugar da Segundona, agora com 59 pontos. O Azulão chegou a ficar algumas horas no G4, porém, a vitória do Avaí sobre o Náutico fez o time catarinense tomar o lugar. Já o Coxa fica em segundo, com 64 pontos, porém, sem chances de ser campeão, por conta da vitória do Botafogo. Confira como foi o duelo no Tempo Real da Gazetaweb!

Leia também

As duas equipes voltarão a campo no mesmo dia e horário, para a derradeira rodada final da Segundona. A 38ª rodada acontece no próximo domingo (28), às 16 horas. O Coritiba visitará a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, enquanto o CSA recebe o já rebaixado Brasil de Pelotas, no Estádio Rei Pelé.

1º TEMPO

O clima no Couto Pereira foi de completa festa do torcedor paranaense, que lotou a maioria dos setores do estádio. O apoio inflamou o time coxa-branca que partiu pra cima. Logo com um minuto, Rafinha fez um cruzamento perigoso, mas Thiago Rodrigues interceptou. Aos seis, o CSA assustou, Dellatorre quase recebeu um passe na medida, dentro da área, só que o ex-azulino Luciano Castán apareceu para salvar o Coritiba.

Rafinha apareceu mais uma vez no ataque, aos 13 minutos. O veterano fez linda jogada na ponta e cruzou para Igor Paixão cabecear, porém, o atacante acabou finalizando para fora. Entretanto, a melhor chance dos primeiros 15 minutos foi azulina. Dellatorre recebeu a bola dentro da área, chutou no gol sem dificuldades, mas o goleiro Wilson fez uma defesa sensacional e mandou para escanteio. Daí, o duelo ficou frenético, aos 16, Natanael cruzou e Guilherme Biro chegou concluindo de primeira, porém, a redonda passou perigosamente sobre o travessão.


				
					CSA vence o Coritiba no Alto da Glória e encosta de vez no G4 da Série B: 1 a 0
Azulão fez primeiro tempo equilibrado com o Coxa, mas a rede não balançou. Augusto Oliveira/CSA

As chances não pararam aí, com 20 minutos o artilheiro Léo Gamalho quase balançou as redes. O centroavante roubou a bola na entrada da área, invadiu e chutou para Thiago Rodrigues salvar o Azulão. A partida começou a esquentar, com reclamações de pênaltis para ambos os lados, entretanto, o CSA só assustou de novo aos 30, quando Iury Castilho arriscou de longe e a bola passou pelo lado direito de Wilson. A resposta do Verdão, aos 33, também foi bem perigosa. Val dançou na entrada da área e arriscou, mas a pelota beliscou a rede pelo lado de fora.

O jogo seguiu muito bom, mesmo nos momentos finais do primeiro tempo. Castilho recebeu passe dentro da área, conseguiu se livrar de Willian Farias e finalizou de lado, acertando o poste coxa-branca. Aos 45, o Coritiba ainda conseguiu assustar o time marujo. Lucão falhou feio no recuo e Léo Gamalho aproveitou para chutar forte no gol. Porém, o centroavante estava desequilibrado e Thiago Rodrigues fez a defesa que garantiu um 0 a 0 muito equilibrado no Alto da Glória.


				
					CSA vence o Coritiba no Alto da Glória e encosta de vez no G4 da Série B: 1 a 0
CSA duelou contra o Coritiba no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Augusto Oliveira/CSA

2º TEMPO

Demorou apenas 36 segundos para termos a primeira finalização do segundo tempo. Igor Paixão pegou um petardo de longe, que passou pelo lado esquerdo da trave. O Coxa foi melhor no início do segundo tempo, inclusive, teve uma grande chance aos 8 minutos. Rafinha armou linda jogada e tocou para Val, todavia, mesmo dentro da área, o volante demorou para concluir e Ernandes salvou os azulinos. Clayton foi o responsável pela primeira finalização do CSA na etapa final. Aos 13, tentou de longe e Wilson encaixou.

Apesar disso, o Azulão do Mutange seguiu sofrendo pressão, aos 15 minutos Val mandou uma bomba de fora da área e a bola explodiu no travessão, arrancando o "Uh!" do Couto Pereira lotado. O embate ficou quente, principalmente com reclamações dos jogadores com o árbitro.

A chance seguinte, a melhor do CSA no segundo tempo, veio aos 21, após cobrança de escanteio. Ernandes cruzou na medida e o zagueiro Wellington, uma das novidades de Mozart, cabeceou forte, no canto esquerdo, sem chance alguma para Wilson e abrindo o placar no momento em que o Coritiba era melhor na partida.


				
					CSA vence o Coritiba no Alto da Glória e encosta de vez no G4 da Série B: 1 a 0
Mozart entrou em campo com quatro atacantes e Gabriel no meio. Augusto Oliveira/CSA

A abertura do placar desconcertou completamente o time mandante, que se atirou para o ataque. Aos 29, um lance polêmico dentro da área causou apreensão da torcida. Após cruzamento de Waguininho, a bola tocou no cotovelo de Lucão, o árbitro não marcou e o VAR não chamou, gerando muita reclamação do clube alviverde.

Perdendo, o Coritiba tentou de todas as maneiras. Val cobrou uma falta aos 39, mas a bola passou bem longe do gol azulino. O CSA se armou no contra-ataque, e teve uma chance aos 40. Reinaldo tocou para Dellatorre livre, que não conseguiu chegar inteiro para finalizar. Faltando pouco para acabar, aos 48, Waguininho mandou um petardo no gol e Thiago Rodrigues espalmou para segurar a vitória. A defesa sacramentou a importante vitória azulina por 1 a 0, em pleno Couto Pereira lotado.

Ficha técnica

Coritiba - Wilson; Natanael, Henrique (Wellington Carvalho), Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias (Matheus Sales), Val (João Vitor) e Rafinha (Gui Azevedo); Waguininho, Igor Paixão (William Totó) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

CSA - Thiago Rodrigues; Éverton Silva (Cristovam), Wellington, Lucão e Ernandes; Geovane (Silas) e Gabriel; Clayton (Reinaldo), Marco Túlio (Giva Santos), Iury Castilho (Bruno Mota) e Dellatorre. Técnico: Mozart.

Cartões amarelos - Rafinha (Coritiba); Ernandes (CSA); Éverton Silva (CSA); Silas (CSA)

Árbitro - Marielson Alves Silva (CBF-BA)

Assistentes - Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA) e Elicarlos Franco de Oliveira (CBF-BA)

VAR - Jean Pierre Gonçalves Lima (CBF-RS)

Assistente do VAR - Lucio Beiersdorf Flor (CBF-RS)

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas