CSA recebe o Brasil ainda sonhando com o acesso à 1ª Divisão do Brasileiro

Bola rola no Rei Pelé neste domingo (28), às 16h; jogo é o mais importante do ano para o Azulão e pode decidir o futuro do clube para 2022

O CSA vai encontrar o Brasil de Pelotas no Estádio Rei Pelé, às 16h deste domingo (28). A bola rola na casa do futebol alagoano pela última rodada (38ª) da Série B do Campeonato Brasileiro. Para o CSA é o jogo mais importante do ano, já que vale a vaga que o time precisa para conquistar o acesso à elite do futebol brasileiro. O Azulão conquistou seu primeiro acesso à Série A em 2018, porém, retornou à Segundona no final da temporada de 2019.

Cenário

O CSA, que está na 6ª colocação, somente atrás do principal rival CRB, vai lutar para conquistar a última vaga para o tão comentado e sonhado acesso. No caso do time azul, o acesso seria mais como um retorno aos maiores holofotes brasileiros, porém, os grandes maiores problemas do CSA são os colocados acima dele, que podem roubar a vaga boicotando, assim, a possibilidade de ascensão.

O Azulão precisa torcer pelas derrotas do CRB contra o Operário, no Estádio Germano Krüger, e do Avaí contra o Sampaio Corrêa, na Ressacada.

Do outro lado do campo, no Xavante do Rio Grande do Sul, a luta é para não terminar a temporada com um resultado tão ruim, já que o time, que confirmou o rebaixamento na rodada 33, somou só 23 pontos na competição de 2021. O Brasil de Pelotas vem para Maceió com a vontade de não terminar a temporada com resultados tão maus.

Comemoração do gol na partida entre CSA e Brasil no primeiro turno da competição de 2021 - Foto: Augusto Oliveira - Ascom CSA

CSA

O Azulão vai para a partida com força total, sem ninguém pendurado e com o Departamento Médico vazio. Nas cinco últimas partidas, o time azulino venceu três e empatou duas, resultado do esforço coletivo que o técnico Mozart vem cobrando de sua equipe.

Com força máxima, o trabalho coletivo vai ser o foco desta última partida que é tão decisiva para o lado azul da força. O CSA tem o vento a seu favor, mas nada no futebol é certeza, já que enfrentar times na “zona do desespero” sempre é uma caixinha de surpresas.

O torcedor azulino pode esperar um jogão de bola neste domingo, porém, além disso, todas as forças devem se virar para secar o principal rival do Azulão e também o Avaí.

Uma provável escalação do CSA tem: Thiago Rodrigues; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane, Yuri e Gabriel; Marco Túlio, Iury Castilho e Dellatorre.

Comemoração do time Xavante - Foto: Jonathan Silva/Brasil de Pelotas

Brasil de Pelotas

O time gaúcho vem para o jogo numa sequência complicada, já que dos últimos cinco jogos perdeu todos e foi considerado rebaixado na 33ª rodada, em uma partida contra o Avaí no Bento Freitas.

Vindo de uma derrota contra o Botafogo, por 1 a 0, o Brasil joga este duelo apenas para cumprir a tabela do campeonato.

O torcedor do Brasil espera alguma mudança para a Série C de 2022, possivelmente algo que mude dentro da comissão técnica.

Como anfitrião na Série B, o Xavante tem 33,3% de aproveitamento: 4 vitórias, 6 empates e 8 derrotas.

Uma provável formação é: Marcelo; Oliveira, Diego Gomes, Bruno Matias e Leandro Camilo; Paulino, Neto, Rildo e Patrick; Erison e Gabriel Poveda.

Arbitragem

O comandante da partida será o árbitro goiano André Luiz de Freitas Castro (MTR-GO), que será assistido por Cristhian Passos Sorence (AB-GO) e Hugo Sávio Xavier Correa (AB-GO). O quarto árbitro será o alagoano José Jaini Oliveira Bispo (CD-AL) e o analista de campo é Francisco Carlos do Nascimento (CBF-AL).