Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

CSA pode se classificar para a Copa do Brasil 2023 sem precisar da Seletiva; entenda

Fora das finais do Alagoano, Azulão do Mutange precisa vencer o Cruzeiro de Arapiraca na Seletiva da Copa do Brasil, ainda em 2022

A derrota para o CRB na semifinal do Alagoano custou um pouco caro para o CSA. Além de sair da disputa do título do Alagoano, o Azulão terá mais trabalho para chegar a outras competições. Na Copa do Nordeste 2023, ainda não há vaga confirmada; já para a Copa do Brasil, precisará vencer a Seletiva contra o Cruzeiro.

Apesar do favoritismo na Seletiva, ainda há esperanças para o torcedor azulino acompanhar a próxima Copa do Brasil. Mesmo que o Cruzeiro consiga sua classificação, existe alguns modos para Alagoas ter quatro participantes na próxima edição e a Gazetaweb traz para vocês.

Leia também

Classificados

Primeiramente, é importante entender como funciona a classificação para a Copa do Brasil. Se seguir o mesmo formato dos últimos anos, com 92 participantes, existem três modos de classificação: 12 vagas para os clubes da Libertadores 2023, o campeão da Copa do Nordeste, Copa Verde e Série B; 70 vagas para os melhores colocados dos estaduais e outras 10 vagas para os melhores colocados do Ranking da CBF, que não conseguiram suas classificações pelas duas primeiras formas.

No caso de Alagoas, por exemplo, onde o Estado tem três vagas, já temos CRB e ASA, já que foram o campeão e vice do Estadual, respectivamente. A terceira vaga ficará com o vencedor de CSA x Cruzeiro. Porém, mesmo se perder, o Azulão ainda tem chances.


				
					CSA pode se classificar para a Copa do Brasil 2023 sem precisar da Seletiva; entenda
Azulão do Mutange e Azulão do Agreste brigarão pro vaga na Copa do Brasil. Ailton Cruz

Como o CSA pode chegar?

A primeira forma, claro, é caso o Azulão conquiste o título da Copa do Brasil em 2022, porém, ainda há muita água para rolar. Tirando esta chance, o CSA pode se beneficiar do Ranking da CBF, que classifica 10 clubes para a competição.

Por enquanto, diversos clubes já garantiram suas vagas via campeonato estadual. Porém, a Copa do Brasil de 2023 precisa esperar o ranking do ano que vem para definir os 10 clubes que entrarão no benefício. Contudo, há possibilidade de fazer uma simulação com o ranking atual.

Caso o atual seja levado em consideração, os 10 clubes beneficiados seriam: Santos (6º); Bahia (12º); Ceará (13º); América-MG (15º); Chapecoense (17º); Botafogo (18º); Vasco (19º); Red Bull Bragantino (20º); Sport (21º) e Juventude (24º). O CSA, atualmente na 30ª posição, ainda teria que esperar a vez de Vitória (25º), Avaí (27º) e Ponte Preta (29º) para se classificar.

Porém, engana-se quem acha que é muito difícil isso acontecer. Na Copa do Brasil de 2022, por exemplo, o 43º colocado do Ranking da CBF, o Oeste, conseguiu a sua classificação.

Mas como esta possibilidade aconteceria? Primeiro, vale ressaltar que simularemos de acordo com o Ranking da CBF de 2022, mas o que será considerado para a Copa do Brasil, é o de 2023, onde o CSA pode se beneficiar e ultrapassar a Ponte Preta que foi rebaixada, por exemplo.


				
					CSA pode se classificar para a Copa do Brasil 2023 sem precisar da Seletiva; entenda
Se ultrapassar Ponte Preta, chances do CSA de se classificar pelo Ranking da CBF são altas. Ailton Cruz

Com isso, o CSA precisaria que pelo menos quatro equipes citadas anteriormente, se classificassem de outra forma para a Copa do Brasil, e existe a possibilidade real disso.

O primeiro benefício pode vir caso os clubes da Série A se classifiquem para a Libertadores, ou fiquem entre os nove primeiros do Brasileirão. Ou seja, se Santos, Ceará, América-MG, Botafogo, RB Bragantino e Juventude ficarem no top-9 da Série A, muito provavelmente o CSA conseguiria se classificar via ranking.

Outra situação que liberaria mais uma vaga pelo Ranking da CBF é o título da Série B. Segundo o regulamento atual, o campeão da Série B se classifica direto para a terceira fase, uma possibilidade real para Bahia, Chapecoense, Vasco ou Sport.

Além disso, a classificação da Série A interferirá de forma efetiva na classificação para a Copa do Brasil. O maior exemplo disso é o Rio de Janeiro. No momento, Fluminense e Flamengo estão classificados como campeão e vice do Carioca. Mas caso se classifiquem para a Libertadores, liberariam as vagas via Estadual, preenchidas por Vasco e Botafogo, sem necessitar do Ranking para se classificarem.

O mesmo vale para o Campeonato Paulista. Caso Palmeiras, São Paulo ou Corinthians avancem para a Libertadores, o Red Bull Bragantino iria via Paulistão. Em um cenário hipotético, caso Flamengo, Fluminense e Palmeiras cheguem na Libertadores e o Ceará ganhe a Sul-Americana, provavelmente, o CSA se classificaria pelo Ranking da CBF.

O fato é que ainda há muito para acontecer. Se na próxima atualização do Ranking da CBF, que acontece no final do ano, o CSA subir posições, muito provavelmente nem precisará da Seletiva para sua classificação. Contudo, como o duelo com o Cruzeiro deve ser ainda neste primeiro semestre, há grande expectativa entre os torcedores azulinos. CSA x Cruzeiro devem se enfrentar no final de abril, em dois duelos.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X