Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

CSA obteve os recordes de público no futebol de Alagoas em 2021

Após retorno do público ao Estádio Rei Pelé, Azulão conseguiu os maiores números em relação ao público

A temporada de 2021 marcou o retorno do público aos estádios de Alagoas. Quem mais se beneficiou disso foram os dois representantes alagoanos na Série B do Brasileiro. Porém, um tinha que vencer no quesito público e foi o CSA, que não apenas obteve os melhores números, mas também bateu o recorde de público do ano.

O fato aconteceu logo na última e mais importante rodada do Brasileirão. Com o Rei Pelé lotado, o Azulão goleou, sem piedade, o já rebaixado Brasil de Pelotas por 4 a 0. O resultado, porém, foi insuficiente para o clube subir para a Série A, só que ficou registrada como recorde de vendas de ingressos, com 6.376 bilhetes gerados.

Leia também

Ao todo, em 2021, o Rei Pelé recebeu 16 partidas (incluindo CSA e CRB), sendo nove do time vermelho e outras sete do time azul. Dessas sete partidas em que foi mandante, o clube azulino conseguiu colocar cinco deles entre os dois melhores da temporada. Inclusive, o empate em 0 a 0 com o Confiança, no dia 12 de novembro, também rendeu os melhores números de vendas, com 5.600.

No total, contando os sete embates com a presença de público, o CSA arrecadou 25.253 vendas totais. Lembrando que o pior deles, os 691 contra o Botafogo, foi o duelo que marcou o retorno de torcedores alagoanos aos estádios e as vendas só foram iniciadas um dia antes do jogo.

Renda boa

Apesar do retorno do público, os primeiros jogos causaram um certo prejuízo, especialmente levando em consideração as despesas de cada confronto realizado. Porém, com ajuda da massa azulina, o CSA conseguiu ter uma renda, principalmente no embate com o Brasil, na rodada 38.

Com a venda ultrapassando 6 mil ingressos, o Azulão conseguiu uma renda líquida superior a R$ 71 mil. Levando em consideração que apenas de bilheteria arrecadou R$ 113 mil e as despesas ficaram com valores por volta de R$ 39 mil, o saldo foi muito positivo. Em comparação, a partida anterior, na 36ª rodada, rendeu ao clube apenas R$ 22 mil.

Confira todos os números de vendas do CSA em 2021:

01 - CSA 4-0 Brasil - 6.376 vendas

02 - CSA 0-0 Confiança - 5.600 vendas

03 - CSA 2-4 Operário - 5.002 vendas

04 - CSA 2-0 Remo - 4.732 vendas

05 - CSA 2-1 Ponte Preta - 1.513 vendas

06 - CSA 4-1 Brusque - 1.339 vendas

07 - CSA 2-0 Botafogo - 691 vendas

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas