CSA explica ausência de cinco jogadores na primeira rodada do Alagoano

Não participaram da partida: os volantes Geovane e Gabriel Tonini; o meia Bruno Mota; o zagueiro Werley e o lateral-esquerdo Ernandes

Na noite desta quinta-feira (20), o CSA jogou e venceu o Aliança, finalizando a partida com um placar de 3 a 1. O jogo foi válido pela primeira rodada do Campeonato Alagoano e aconteceu no Estádio Rei Pelé, às 20h.

Para a abertura da competição estadual, o Azulão regularizou 22 jogadores no BID na última quarta-feira (19). Porém, cinco ficaram de fora da partida. Na noite desta quinta-feira (20) o clube lançou uma nota explicando a situação. O chefe do Departamento Médico do clube, Fábio Lima, falou sobre os não relacionados.

Não participaram da partida: os volantes Geovane e Gabriel Tonini; o meia Bruno Mota; o zagueiro Werley e o lateral esquerdo Ernandes.

Segundo Fábio Lima, o volante Geovane faz uso de um material chamado Synvisc para melhorar a lubrificação do joelho e, além disso, ainda fez uso de um reforço à base de corticoide. Sobre o volante, Fábio disse: " Como a gente precisa fazer o reforço do corticoide, não tem tempo hábil para voltar para o jogo, somente, por conta do uso da medicação e pelo risco de ser pego no doping. E ele já está cumprindo todas as séries de exercícios que a gente programou ".

O Chefe do DM azulino explicou que Gabriel Tonini foi diagnosticado com uma inflamação no púbis: um pubite. A situação está controlada, e Fábio completa: "Púbis é uma coisa que a gente não pode errar no tratamento. Mas ele está na fase final do tratamento junto ao Departamento Médico".

Em relação ao meia Bruno Mota, a nota ainda traz a informação de que o atleta sofreu com o desgaste da quantidade de jogos. Sobre o meia, Fábio comentou: "Com o desgaste da quantidade de jogos, ele voltou a sentir dores no quadril, que já é uma lesão antiga. Estamos buscando um fortalecimento maior, pois ele é um jogador muito alto e bem magro e a gente precisa fortalecer essa musculatura para que tolere bem os campos com a quantidade de dureza que a gente tem no Campeonato Alagoano e na Copa do Nordeste. Mas, está evoluindo muito bem, sem dor e sem nenhuma intercorrência do que estava planejado".

Após cumprir a quarentena devido à Covid-19, o zagueiro Werley iniciou a pré-temporada, mas sentiu uma fisgada na panturrilha. "Ele não tem lesão importante. Não tem nenhuma situação que vá tirá-lo por tempos de campo. Não há nada disso. Mas pós-covid e com o desgaste que a gente sabe dessa quantidade de jogos e dos campos que a gente conhece, optamos por fortalecer mais o Werley por esses motivos já expostos", comentou Fábio Lima, sobre a situação do zagueiro.

No caso do lateral esquerdo Ernandes, Fábio disse que o motivo de o jogador ter ficado de fora foi por ter testado positivo para Covid-19. "Ernandes não é por lesão, apenas por testagem. Ernandes fez um teste positivo para a Covid, embora não tem doença", finalizou o chefe do Departamento Médico.