Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

CSA encerra preparação para a partida de ida da final do Alagoano 2021

Bruno Pivetti comandou treino no CT do Nelsão nesta sexta (14) e, após o término, elenco iniciou a concentração

Está chegando! A final do Alagoano de 2021 terá seu pontapé inicial amanhã (15), às 17h, entre CSA e CRB. Após eliminar o CSE nas semifinais, o Azulão agora quer impedir o bicampeonato dos rivais regatianos. Para isso, os comandados de Bruno Pivetti terminaram hoje (14) a preparação e estão concentrados para a grande partida.

Desfalques nos últimos jogos, Rodrigo Pimpão e Silas devem continuar fora do time. A dupla está entregue ao Departamento Médico e correm fora por uma vaga nos onze iniciais. Quem deverá voltar ao time titular é o lateral Victor Costa, recuperado de Covid-19. Com isso, Norberto fica com a vaga na lateral direita.

Leia também

Victor Costa, durante a semana, afirmou que o título do Alagoano daria muita confiança ao elenco para a disputa do Brasileiro. "O título estadual, antes da Série B, significará muito para o elenco. Dará motivação ao grupo para o início do Brasileiro. Vamos lutar muito para terminarmos este semestre com esta taça", disse o lateral.

A provável escalação do CSA é: Thiago Rodrigues, Norberto, Lucas Dias, Lucão e Vitor Costa; Geovane, Gabriel Tonini e Bruno Mota; Aylon (Gabriel), Marco Túlio e Dellatorre.

Histórico Recente

CSA e CRB disputarão a final pela sexta vez consecutiva. Desde 2016, os dois rivais brigam pela hegemonia estadual. Nestes confrontos recentes, o Galo leva vantagem: venceu em 2016, 2017 e 2020, enquanto o Azulão bateu o rival em 2018 e 2019.

Após tirar o CSE na semifinal, o CSA agora quer a taça. A ida será neste sábado (15), às 17h. Já a partida decisiva está marcada para o sábado seguinte (22), também no Rei Pelé. Na final, não há vantagem do empate. Em caso de igualdade no placar agregado, a vaga será decidida nos pênaltis.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X