CRB visita o Paysandu na busca por uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil

Quem avançar garantirá R$ 1,7 milhão em premiação; partida será no Estádio da Curuzu, em Belém, às 16h45

Depois de garantir a classificação na Copa do Nordeste e a liderança no Alagoano, o CRB, agora, volta suas atenções para a competição mais rentável do ano. Nesta terça (13), o Galo enfrenta o Paysandu pela segunda fase da Copa do Brasil. A vaga será decidida em jogo único, às 16h45, no Estádio da Curuzu, em Belém-PA. Se houver empate no tempo normal, a decisão vai para a disputa de pênaltis. Quem passar de fase garantirá mais R$ 1,7 milhão nos cofres.

No último sábado (10), o CRB encerrou sua participação na fase de grupos da Copa do Nordeste. Já classificado, o time empatou por 1 a 1 com o Altos-PI, em casa. Roberto Fernandes decidiu poupar alguns de seus titulares, como Gum e Lucão, visando à decisão pela Copa do Brasil.

Já o Paysandu teve mais tempo para se preparar para a partida. Na última sexta (9), o Papão da Curuzu enfrentaria o Tuna pelo Paraense, mas uma forte ventania em Belém acabou derrubando o placar eletrônico do estádio, e a Federação Paraense decidiu adiar o jogo para o dia 24 de abril. Por isso, a última partida do time foi no dia 4 de abril, na derrota por 4 a 2 para o rival Remo.

CRB

Não há dúvidas de que a Copa do Brasil é a competição com as maiores premiações no futebol brasileiro. Tendo jogado somente uma partida até o momento, a vitória por 3 a 2 sobre o Goianésia, o CRB já garantiu R$ 1,2 milhão em premiação. Foram R$ 560 mil pela participação na primeira fase e mais R$ 675 mil na segunda fase. Se avançar para a terceira, garantirá mais R$ 1,7 milhão. Na campanha histórica de 2020, quando o CRB chegou à quarta fase, o time arrecadou quase R$ 4,7 milhões.

Para garantir a classificação em Belém, Roberto Fernandes terá quase todo o time à disposição. Após passar por um procedimento cirúrgico no joelho, o volante Wesley ainda está fora de combate. Poupados contra o Altos-PI, Gum, Guilherme Romão, Claudinei e Lucão voltam à equipe. Fernandes deixou claro que o jogo desta terça é de grande dificuldade para o Galo.

Lucão balançou as redes sete vezes em 15 jogos na temporada de 2021 - Foto: Ailton Cruz

“É um jogo único, na casa do adversário, contra uma equipe tradicional e qualificada. Basta você olhar os jogadores que estão no Paysandu, vários estavam disputando Série B recentemente. Então, jogo dificílimo, mas a gente tem confiança de manter o rendimento da equipe na temporada e buscar essa classificação”, disse o treinador.

Nessa segunda (12) à tarde, Fernandes comandou o último treino e fechou a preparação da equipe para a final de hoje.

O provável time do CRB é: Edson Mardden; Reginaldo, Gum, Diego Ivo e Guilherme Romão; Claudinei, Carlos Jatobá e Diego Torres; Calyson (Luidy), Hyuri e Lucão.

PAYSANDU

O incidente que adiou o clássico contra o Tuna não vai influenciar para o jogo desta terça (13). No último sábado (10), o telão que foi entortado pela ventania foi retirado com um guindaste, e o Estádio da Curuzu está liberado e pronto para receber o confronto pela Copa do Brasil.

Volante Bruno Paulista foi regularizado e pode fazer sua estreia com a camisa do Papão - Foto: Jorge Luis Totti/Paysandu

O técnico Itamar Schulle ganhou um reforço muito esperado pelo torcedor do Papão para o jogo contra o CRB. O volante Bruno Paulista, ex-Vasco e Sporting-POR, foi regularizado e poderá fazer sua estreia pelo clube. Porém, o capitão Perema ainda continua de fora por uma fratura em um dedo da mão.

O provável Papão é: Victor Souza; Israel, Denilson, Alisson e Bruno Collaço; Bruno Paulista, Ratinho e Ruy; Igor Goularte (Marlon), Ari Moura e Nicolas.

ARBITRAGEM

Savio Pereira Sampaio (CBF) comandará o jogo e será auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF) e José Reinaldo Nascimento Junior (CBF). O trio de arbitragem é do Distrito Federal. O paraense Gustavo Ramos Melo (CBF) será o quarto árbitro.