CRB vence o clássico contra o ASA e é líder isolado do Grupo B

Lúcio Maranhão, ex-gigante, fez um dos gols da vitória regatiana no Municipal de Arapiraca

ASA e CRB entraram em campo na noite desta quarta-feira (27), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O jogo foi válido pela segunda rodada do Campeonato Alagoano de 2016. As duas equipes buscavam manter-se na ponta de seus respectivos grupos. O Gigante tinha como objetivo continuar na cola do CSA no Grupo A. Já o Galo queria se distanciar ainda mais do segundo colocado do Grupo B. O jogo terminou em 2 a 1 para o alvirrubro. Os gols da equipe macioense foram marcados por Lúcio Maranhão e Luiz Fernando. Já o time arapiraquense diminuiu com Klenisson.
Após vencer o primeiro jogo fora de casa contra o Ipanema, jogando no Sertão do estado, o ASA assumiu a vice-liderança do chave 1 ao lado do Azulão do Mutange, mas o time de Arapiraca levou desvantagem no saldo de gols.
Já o Galo goleou o Murici por 5 a 1, jogando no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O time alvirrubro assumiu a liderança ao lado do Coruripe. Com a derrota do Hulk para o Sete de Setembro, na tarde de hoje, o Regatas almejava a liderança isolada do grupo. 
Além das pretensões de cada time, o jogo marcou a volta de Lúcio Maranhão a Arapiraca após sua boa fase defendendo a camisa do ASA, em 2012. Hoje, no Galo, o jogador foi alvo de alguns dos 3.699 torcedores do Fantasma que foram ao estádio e vaiaram o artilheiro quando ele tocou na bola. Porém, quis o destino que Lúcio, que tanto fez a alegria dos alvinegros, desta vez, fizesse os regatianos felizes.
O jogo
O clássico começou movimentado e as duas equipes buscando tomar iniciativas desde o início da partida. Por está jogando em casa, a equipe do ASA conseguiu impor um pouco mais seu futebol.
O time regatiano esperou o Alvinegro de Arapiraca vir ao ataque para, então, tentar encaixar o contra-ataque. Porém, o primeiro lance de perigo da partida aconteceu por causa de uma falha da defesa do Gigante. Gleidson Souza cruzou na área, o zagueiro Edson Veneno falhou e a bola sobrou para Flavinho, que chutou forte por cima do gol de Tom.
A partir deste momento, o jogo ficou mais pegado e foram marcadas sucessivas faltas cometidas por ambas as equipes. O árbitro Júlio César Farias teve que conter os ânimos dos jogadores várias vezes durante a partida. Flavinho foi advertido com o cartão amarelo após falta dura no zagueiro alvinegro Jorginho. O defensor sentiu a pancada e foi substituido pelo meia Klenisson ainda no primeiro tempo.
Aos 34 minutos do primeiro tempo, o Galo chegou mais uma vez com perigo ao gol do Gigante. Flavinho cobrou escanteio, Audálio cabeceou sozinho e a bola passou perto do gol do goleiro Tom.
Três minutos depois, Lúcio Maranhão recebeu a bola e entre dois zagueiros, protegeu e chutou para o gol, abrindo o placar no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. Foi a segunda vez que o artilheiro marca com a camisa do CRB no Campeonato Alagoano.

Lúcio Maranhão comemora mais um gol marcado com a camisa do CRB - Foto: FOTO: Wendel Palhares / Assessoria Crb

Após o gol regatiano, o time do ASA tentou ameaçar uma pressão, mas não conseguiu finalizar com condições de marcar o gol. Aos 45 minutos, o árbitro encerrou o primeiro tempo de jogo. O CRB foi para o intervalo com a vantagem no clássico.
Na volta para o segundo tempo, o técnico Vica promoveu a entrada de Ítalo no ataque do ASA. A mudança surtiu efeito e a equipe alvinegra começou a atacar mais. O time de Arapiraca tentou várias jogadas trabalhadas e com troca de passes, mas esbarrou na defesa regatiana que estava bem postada em campo.
Porém, as investidas alvinegras foram frustradas após o CRB ampliar o marcador até os 10 minutos de jogo. O volante Matheus Galdezani carregou a bola no meio-campo, passou para Luiz Fernando que deu um corte na defesa alvinegra e chutou no canto esquerdo do goleiro Tom, ampliando o placar para o Galo.
O ASA, então, passou a arriscar mais nas finalizações. Ítalo e Klenisson tentaram várias vezes o arremate ao gol regatiano, mas esbarraram nas defesas do goleiro Júlio César.
Somente aos 25 minutos o ASA conseguiu diminuir o placar. Após jogada individual, Klenisson chutou forte no canto esquerdo de Júlio César e marcou o gol alvinegro. Dois minutos depois, o atacante, mais uma vez, chutou no canto do arqueiro regatiano, que fez a defesa.

Klenisson diminui o placar do jogo com chute de fora da área - Foto: FOTO: William Rocha / Assessoria ASA

Aos 41 minutos da segunda etapa, o meia Klenisson mais uma vez tentou o chute de fora da área. A bola foi forte, no canto e rasteira. O goleiro Júlio César tentou a defesa. A bola passou por ele, mas bateu na trave e foi para fora.
O árbitro Júlio César Farias encerrou a partida aos 49 minutos da etapa complementar. Com a vitória, o CRB assumiu a liderança isolada do Grupo B, com 6 pontos. O ataque do Galo é o melhor da competição junto com o setor ofensivo do CSA, com 7 gols marcados. Já o ASA caiu para a terceira posição do Grupo A após as vitórias de Sete de Setembro e CSA.
Acompanhe aqui o lance a lance da partida.
Confira os resultados dos outros jogos da 2ª rodada do Campeonato Alagoano
Sete de Setembro 3x1 Coruripe
CSE 1x2 Penedense
Murici 0x1 Santa Rita
CSA 4x0 Ipanema
Classificação
Grupo A
CSA - 6
Sete de Setembro - 4
ASA - 3
CSE - 0
Murici - 0
Grupo B
CRB - 6
Santa Rita - 4
Coruripe - 3
Penedense - 3
Ipanema - 0
Próxima rodada:
Sábado (30/01/2016)
Penedense x ASA - Estádio Gérson Amaral (Coruripe)
Domingo (31/01/2016)
Coruripe x CSAEstádio Gérson Amaral (Coruripe)
CRB x Sete de Setembro - Estádio Rei Pelé (Maceió)
Santa Rita x CSE - Estádio Olival Elias (Boca da Mata)
Ipanema x Murici - Estádio Arnon de Mello (Santana do Ipanema)