Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

CRB vacila na reta final e cede empate ao Vitória, no Rei Pelé: 2 a 2

Léo Gamalho fez os dois gols do Galo, mas, aos 48 minutos do 2º tempo, time baiano chegou à igualdade na partida que foi válida pela Série B

Na noite deste sábado (22), no Estádio Rei Pelé, pela 5a rodada da Série B do Brasileiro, que foi aberta nessa sexta-feira (21), o CRB esteve com a vitória nas mãos até os 48 minutos do 2º tempo, mas deixou escapar, tomou um verdadeiro banho de água fria e deixou o Vitória chegar ao empate por 2 a 2.

Os gols do Galo foram do artilheiro Léo Gamalho, sendo um de pênalti. Já o Vitória marcou com Vico e Marcelinho. E com este resultado, o Galo ocupa a 5ª colocação, com oito pontos. E o Vitória é o 9º colocado, com sete pontos.

Leia também

O próximo jogo do CRB será na quarta-feira (26), mas pela Copa do Brasil, contra o Cruzeiro (é o duelo de volta, na ida deu vitória regatiana por 2 a 0). A partida será às 16 horas, no Rei Pelé. Quanto ao Vitória, vai jogar também pela Copa do Brasil, no mesmo dia, mas às 21h30, no Barradão, em Salvador-BA, contra o Ceará. Na ida deu 1 a 0 para o time cearense.

Já pelo Brasileiro da Série B, na 6ª rodada, o CRB terá pela frente o clássico contra o CSA, no domingo (30), às 19 horas, no Trapichão; e o Vitória vai receber o Paraná, no sábado (29), às 16h30, no Barradão.

O jogo


				
					CRB vacila na reta final e cede empate ao Vitória, no Rei Pelé: 2 a 2
FOTO: Ailton Cruz

O primeiro lance de perigo foi do Vitória, aos 7 minutos, quando Carleto cobrou escanteio na cabeça de Maurício Ramos, que finalizou com muito perigo pela linha de fundo, para alívio do Galo.

O CRB respondeu aos 18 minutos, em um contra-ataque rápido com Magno, ele encontrou Diego Torres, que soltou uma pancada de fora da área, mas Ronaldo fez a boa defesa. Aos 24 minutos, o time abaiano tentou. Em grande jogada de Mateusinho pela direita, ele cruzou perigosamente, e Reginaldo tirou de cabeça.

O time do Vitória começou a gostar do jogo e estava chegando mais com perigo. Aos 29 minutos, o CRB deu uma tremenda bobeira, quase facilitando para o adversário: Victor Souza tentou sair trocando passes e tocou a bola no pé de Fernando Neto, só que o volante do Vitória não conseguiu dominar.

Aos 33 minutos, de novo o Vitória investiu. Em contra-ataque rápido, Magno serviu a Reginaldo, que mandou na área e Ronaldo defende. Na sequência, Diego Torres cruza, e João Victor cabeceia para escanteio. Aos 38 minutos, mais uma vez o time baiano assustou. Mateusinho chegou com muito perigo, cruzou e Victor Souza rebateu para o meio da área. A bola sobrou com Fernando Neto, que quase conseguiu finalizar para o gol, levando sufoco para o time regatiano.

O árbitro deu dois minutos de acréscimos. E, aos 46 minutos, veio o gol do CRB. Diego Torres fez um cruzamento primoroso para Léo Gamalho e o artilheiro só completou de pé direito para o fundo da rede: 1 a 0. E, aos 47 minutos, fim de papo no 1º tempo, com a vitória parcial do Galo.

Na segunda etapa, O CRB tentou logo aos 6 minutos. Aproveitou um erro de Carleto e desceu rápido, mas Erik não conseguiu chegar inteiro na jogada. Lance desperdiçado. Aos 14 minutos, numa chance incrível, o CRB não conseguiu. Erik foi acionado na esquerda e disparou completamente sozinho, invadiu a área e optou por fazer o passe para Luidy, que furou de maneira inacreditável, perdendo a oportunidade de ampliar o placar.

Só dava Vitória no campo de ataque, enquanto o CRB apenas se defendia. Aos 21 minutos, Marcelinho fez um bom lançamento para Júnior Bocão, que limpou o marcador, mas chutou para fora.

Aos 26 minutos, o CRB tentou com perigo. Diego Torres aproveitou cruzamento de Luidy e soltou a bomba, mas a bola passou por cima do gol. E, aos 29 minutos, o Galo teve um pênalti marcado pela arbitragem em seu favor. Erik foi lançado pela direita, se livrou de Vico, foi derrubado e o árbitro assinalou. Aos 31 minutos, Léo Gamalho bateu bem, no ângulo, sem chance para Ronaldo, e guardou, fazendo o seu segundo gol no jogo: 2 a 0.

Aos 41 minutos, em cobrança de falta, Vico soltou uma bomba, mas Victor Souza fez a defesa. Desta vez a bola não entrou, mas aos 45 minutos, o placar no Rei Pelé mudou, com o gol do Vitória. Após cruzamento de Bocão, a defesa do CRB bateu cabeça e a bola sobrou com Vico, que só fez guardar, diminuindo para os baianos: 2 a 1.

O árbitro deu cinco minutos de acréscimos e, a partir de então, no finalzinho, só deu Vitória, que pressionou e chegou ao gol da igualdade aos 48 minutos: Marcelinho recebeu ótimo lançamento, matou no peito e soltou uma pancada, indefensável para o goleiro Victor Souza, deixando tudo igual: 2 a 2. Placar final.

CRB- Victor Souza; Reginaldo, Gum, Xandão (Ricardo) e Hugo; Thiaguinho, Washington, Diego Torres (Carlos Jatobá) e Magno Cruz (Erik); Léo Gamalho (João Carlos) e Luidy (Bill). Técnico: Marcelo Cabo.

Vitória- Ronaldo; Jonathan Bocão, Maurício Ramos (Gabriel Furtado), João Victor e Thiago Carleto (Vico); Guilherme Rend, Fernando Neto (Marcelinho), Rodrigo Andrade e Rafael Carioca; Mateusinho (Eron) e Léo Ceará (Júnior Viçosa). Técnico: Bruno Pivetti.

Árbitro- Adriano Barros Carneiro (CE)

Assistentes- Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE).

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X