CRB perdeu somente uma das 13 partidas jogando ao lado de sua torcida na Série B

Galo tem 56,4% de aproveitamento na Série B e faz a 10ª melhor campanha da competição como mandante; Anselmo Ramon convoca torcida para partida contra o Criciúma

O CRB arrancou e encaixou uma boa sequência. O Galo da Praia venceu o Grêmio, dentro de casa, e, logo após, viajou para quebrar a invencibilidade de cinco meses do Sampaio Corrêa, dentro do Castelão de São Luís. O próximo desafio regatiano será no Estádio Rei Pelé, o Criciúma, neste sábado (27), às 16 horas.

O Regatas conquistou 35 pontos na Série B, até aqui. Sendo que boa parte deles foi conquistada dentro do Trapichão. Foram 22 pontos arrancados dos adversários, dentro de casa, sofrendo apenas uma derrota, vencendo cinco e empatando sete vezes. O time alagoano tem 56,4% de aproveitamento na Série B e faz a 10ª melhor campanha da competição como mandante.

Um dos responsáveis pelo crescimento da produção do elenco, Anselmo Ramon, centroavante e artilheiro da equipe, disse que confia no trabalho diário e que o crescimento recente do elenco em campo é somente um sintoma do que ainda está por vir.

"Essas duas vitórias seguidas que tivemos na Série B foram muito importantes para o grupo. Estamos crescendo e fazendo bons jogos. Temos que manter este ritmo agora para continuarmos crescendo na tabela de classificação. Não tenho dúvida que evoluiremos ainda mais na disputa."

Das 13 partidas ao lado da torcida regatiana, a única derrota do CRB, em Maceió, foi no embate contra o Timbu. O Náutico venceu o jogo, válido pela quarta rodada da Segundona, por 2 a 1 - a disputa aconteceu na capital alagoana, no dia 27 de abril. Desde então, o time atuou outras 12 vezes como dono do campo, emplacou 14 gols e sofreu nove. Os empates sem gols foram contra o CSA e contra o Tombense.

A temporada extensa tem suas pedreiras e, para o Galo, o segundo turno mal começou. Os próximos adversários do elenco comandado por Daniel Paulista serão difíceis e, para vencê-los, a vantagem de jogar em casa é um dos maiores aliados do clube.

Comentando sobre a partida contra o Tigre, Ramon disse que a presença da torcida é um dos fatores primordiais para esta reta final e ainda tratou todos os próximos jogos como partidas de final de campeonato. Vale uma vaguinha no acesso!

"O apoio do nosso torcedor será fundamental para o grupo dentro de campo durante os noventa minutos. Tenho certeza que a nossa torcida comparecerá em ótimo número para nos ajudar nesta decisão diante do Criciúma."

Além do Criciúma, neste sábado, Sport, o líder Cruzeiro, Chapecoense, Operário-PR e Bahia compõem a lista dos próximos visitantes do elenco alvirrubro. Fora de casa, o CRB ainda vai encarar o Londrina, Vila Nova, Ituano, Tombense, Guarani e Brusque, além do clássico, onde o mando de campo é do CSA.

CLÁSSICO

Os próximos adversários do CRB serão difíceis, mas nenhum deles é tão difícil quanto o principal rival. O Galo vai enfrentar o CSA novamente, pelo sexto Clássico das Multidões do ano. A partida terá mando de campo do Azulão do Mutange, no Rei Pelé, e está marcada para o dia 10 de setembro, às 16 horas.

Os últimos cinco clássicos no ano não foram bons para a autoestima do torcedor regatiano, deixando para trás duas derrotas para o CSA, dois empates e somente uma vitória, por pênaltis, na partida que eliminou o Azulão do Campeonato Alagoano.

Na história, o Galo da Praia é o mandachuva do clássico alagoano, valendo por competições oficiais (desde 1968), vencendo 35 partidas, perdendo somente 22 e deixando 34 jogos com o resultado empatado.