Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

CRB e CSA dependem de liberação para receber público nos jogos em Alagoas

Decisão da CBF determina que a volta das torcidas começa a valer a partir da próxima rodada

Por maioria dos votos, o Conselho técnico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em reunião nesta sexta-feira (17), definiu o retorno da presença de público aos estádios. A decisão determina que a volta das torcidas começa a valer a partir da próxima rodada.

O retorno das torcidas à casa do futebol alagoano, o estádio Rei Pelé, vai depender do próximo decreto estadual, que será liberado na próxima quinta-feira, dia 23.

Leia também

Em entrevista à GazetaWeb, o presidente do CRB, Mário Marroquim, disse que é importante correr atrás da liberação, por parte do governo do Estado, para que os times alagoanos não percam o equilíbrio desportivo, jogando com público fora de casa e não recebendo torcedores nas partidas realizadas aqui no estado. Ainda segundo ele, "a gente tem a capacidade de 20 mil pessoas (no Rei Pelé), se colocar 30%, são seis mil, ou seja, com cinco mil pessoas no estádio a gente tá satisfeito. Atende todo mundo."


				
					CRB e CSA dependem de liberação para receber público nos jogos em Alagoas
Ailton Cruz

Outra decisão importante para o futuro dos jogos como amamos, perto do gramado e torcendo pelo time do coração, foi a necessidade de liberar a venda de ingressos, seguindo a autorização dos governos locais de cada clube.

Dos times participantes na discussão, 14 foram a favor do retorno da torcida. Outros seis negaram a participação dos torcedores e votaram contra.


				
					CRB e CSA dependem de liberação para receber público nos jogos em Alagoas
Ailton Cruz

Entenda o motivo da reunião

O Cruzeiro realizou dois jogos com torcida em casa. A prefeitura de Belo Horizonte permitiu e o caso virou uma polêmica na competição. O time mineiro obteve uma liminar do Superior Tribunal de Justiça (STF) que autorizava a entrada do público. Até o momento, a equipe foi a única a jogar com torcida.

Na última terça (14), Goiás, Vila Nova e Confiança obtiveram uma liminar parecida para ter torcedores em seus jogos como mandante. Na quinta (16), o Vasco deu entrada na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, pedindo a participação do público nos jogos, com esperança de atuar com torcida no domingo, contra o Cruzeiro, no Rio de Janeiro.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas