CRB é completamente dominado pelo Grêmio e segue na última posição da Série B: 2 a 0

Regatas faz mais uma péssima partida e assiste ao Tricolor Gaúcho mandar no jogo com suas crias da base

As rodadas vão passando e o CRB segue se afundando na zona do rebaixamento da Série B. Na tarde deste sábado (30), o Galo foi visitar o Grêmio, em Porto Alegre-RS, na Arena do Grêmio, pela 5ª rodada da Segundona. Porém, volta para Maceió com zero pontos na mala e mais uma derrota, dessa vez, por 2 a 0.

Os gols da partida foram marcados no primeiro tempo e por promessas da base gremista. Elias abriu o placar no início e Bitello fechou o placar com um golaço.

O resultado deixou os clubes em situações completamente opostas na tabela de classificação. O Grêmio pulou de quarto direto para a liderança da Série B, agora com 10 pontos e ultrapassando o Bahia nos critérios de desempate. Por outro lado, o time regatiano fica sufocado na última posição, com um ponto.

CRB segue afundado na lanterna da Segundona - Foto: Grêmio Oficial/Flickr

Não vai ter tempo de descanso para o Galo. Após a derrota, a equipe já entra em campo nesta quarta-feira (4), às 19 horas. Em jogo atrasado da 1ª rodada, o CRB visita o Novorizontino, no Estádio Jorge Ismael de Biasi. Poucos dias depois, no domingo (8), às 16 horas, o Grêmio encara um rival nacional: o Cruzeiro, no Mineirão.

1º Tempo

Com a Arena em festa, o jogo começou com muita marcação. O CRB não foi tímido, e marcou em cima, dentro do campo gremista. Contudo, a primeira chegada foi do Grêmio, aos três minutos, após cruzamento de Rodrigo, Biel tentou lance antológico, mas Diogo Silva ficou com a bola. Richard respondeu com um chute de primeira, de fora da área, mas muito longe do gol.

O Grêmio seguiu com mais posse de bola e acionando muito o atacante Biel, do lado esquerdo. Aos 8 minutos, veio o grande susto contra a meta regatiana. Após Diogo Silva afastar mal, Diego Souza mandou um torpedo, que explodiu em Reginaldo. Mesmo assim, o Tricolor não parou de apertar, especialmente pela jogada aérea, procurando Diego Souza.

Galo fez um primeiro tempo ruim e chegou apenas uma vez no gol adversário - Foto: Lucas Bubols

Tanta persistência, deu certo. Aos 14 minutos, o Grêmio voltou a ameaçar. Diego Souza recebeu um passe no meio, encarou a marcação e encontrou um passe perfeito para o atacante Elias. A joia da base gremista nem se intimidou e chutou uma bomba indefensável para o goleiro Diogo Silva: 1 a 0 para o Tricolor.

O gol incendiou a torcida tricolor, que sonhava em terminar a 5ª rodada na ponta da Série B. Precisou sair um gol para o CRB invadir a área do Grêmio. Aos 17 minutos, Ramon lançou Gustavo Apis, que chutou travado e só ficou com um escanteio. O Tricolor Gaúcho não parecia satisfeito com o simples 1 a 0 e seguiu apertando, rodando. Aos 28, um susto do goleiro Diogo Silva. Após cruzamento de Nícolas, a bola quicou e encobriu o arqueiro, que se recuperou e impediu um lance ridículo na Arena.

Grêmio abriu o placar nos primeiros 15 minutos - Foto: Grêmio Oficial/Flickr

Aos 31 minutos, finalmente o Galo conseguiu fazer Brenno trabalhar. Após cobrança de falta, Gum conseguiu um cabeceio de costas e o goleiro gremista espalmou para escanteio, evitando maiores sustos. Aos 34, finalmente um lance perigoso. Romão chutou de dentro da área, venceu Brenno, mas Geromel tirou em cima da linha. No rebote, Reginaldo estava com o gol vazio, mas sua perna esquerda falhou e de forma inacreditável finalizou para fora. Por sorte (ou azar), na origem da jogada, Romão estava impedido.

Contudo, o lance deixou claro que o CRB teve uma melhora significativa após sofrer o gol. Mas, como todos sabem, o futebol não é uma ciência exata. Em um contra-ataque fulminante, Biel fez linda jogada e tocou para Bitello finalizar. A bola explodiu no ângulo e entrou de forma cruel, para colocar o 2 a 0 no placar.

Bitello vibra após marcar golaço na Arena - Foto: Grêmio Oficial/Flickr

Com a vantagem ampliada, o Imortal ficou ainda mais tranquilo em campo. Com 44 minutos, Lucas Silva cruzou para Biel cabecear, mas a bola passou por cima do travessão. O CRB não foi mais ameaça, ao menos até o final da etapa inicial, com a grande vantagem tricolor.

2º Tempo
Com apenas uma chance em 45 minutos, Marcelo Cabo voltou acionando Vico, no lugar de Raul Prata. O Grêmio de Roger não modificou e seguiu armado para contra-ataques. A primeira chance da etapa final veio aos seis minutos e foi gremista. Diego Souza recebeu dentro da área, completamente livre, mas chutou muito embaixo, desperdiçando a oportunidade do segundo gol.

O Regatas deu uma resposta à altura, aos oito minutos. Richard conseguiu achar um espaço no contra-ataque e bateu colocado, que saiu rente à trave esquerda de Brenno. O jogo foi ficando lento, com o Grêmio em paz, feliz com o 2 a 0. Em uma pequena falha, aos 14 minutos, Anselmo Ramon tentou uma finalização do meio campo, de forma despretensiosa. O resultado foi que nem assustou a defesa do Tricolor.

Tricolor teve amplo domínio das ações e assumiu a liderança da Série B - Foto: Grêmio Oficial/Flickr

Quem assustou mesmo foi Diego Souza, aos 15 minutos. Biel conseguiu bela finalização, Diogo Silva espalmou nos pés de Diego Souza que chutou por cima da trave. Na sequência, o lance foi parado por impedimento. Perdendo e sem muitas alternativas, o Galo começou com os chutes de longe. Fabinho tentou aos 18min, mas sem perigo.

Para responder, o Imortal quase fez o terceiro. Com uma blitz instaurada aos 18 minutos, Diego Souza teve nova chance e Gum se atirou na bola, na frente do gol, para salvar. Já a grande chance do 2º tempo, aos 21 minutos, veio nos pés de Elias. O atacante recebeu um passe na medida e saiu na cara de Diogo. O jogador fez tudo certo, driblou o goleiro, mas perdeu o passo e, na hora de finalizar, mandou direto na trave. O lance deixou todos que acompanhavam incrédulos, mas aliviou os regatianos.

Depois de tanto persistir, o Grêmio conseguiu o seu terceiro gol aos 28 minutos. Após jogada de Biel, Elias apareceu livre na área para estufar as redes regatianas. A arbitragem confirmou em campo, porém, após a análise do VAR, o gol gremista foi invalidado por posição de impedimento.

Elias teve gol anulado no segundo tempo - Foto: Grêmio Oficial/Flickr

Aparentemente, o lance do gol anulado deu mais fome aos tricolores. Gabriel Silva arrematou uma bomba de longe, aos 32 minutos, mas não assustou. Com o domínio técnico e o resultado, Roger fez suas mudanças, promovendo as entradas de Campaz e Janderson, mantendo jogadores de velocidade.

Os minutos finais foram de pouca produção regatiana e muita paciência gremista. Mantendo a posse de bola, o time de Roger apenas ficou aguardando os espaços para sair em velocidade. Porém, ainda houve um susto no Grêmio. Nícolas foi expulso, após um lance acidental com Walace, onde acabou pisando na perna do regatiano.

Apesar de tudo, isso não mudou nada no confronto, que se desenhou para uma tranquila vitória gremista por 2 a 0. E o duelo foi encerrado aos 51 minutos.

Galo da Praia segue em má fase na Série B - Foto: Lucas Bubols

Ficha técnica

Grêmio - Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nícolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Diogo Barbosa); Elias (Campaz), Biel (Janderson) e Diego Souza (Elkeson). Técnico: Roger Machado

CRB - Diogo Silva; Raul Prata (Vico), Gum, Iago Mendonça e Guilherme Romão; Marthã (Walace), Yago e Gustavo Apis (Fabinho); Reginaldo, Richard (Emerson Negueba) e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Cabo

Gols - Elias (GRÊ - 14'/1T); Bitello (GRÊ - 43'/1T)

Cartões amarelos - Yago (CRB); Emerson Negueba (CRB)

Cartões vermelhos - Nícolas (Grêmio)

Árbitro - Felipe Fernandes de Lima (CBF/MG)

Assistentes - Guilherme Dias Camilo (FIFA) e Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF/MG)

4º árbitro - Lucas Guimarães Rechatiko Horn (CBF/RS)

VAR - Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (CBF/MG)

Assistente do VAR - Frederico Soares Vilarinho (CBF/MG)