Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Contra o líder Náutico, CRB tenta manter invencibilidade em casa para voltar ao G-4

Galo ainda não perdeu nas três partidas que fez no Rei Pelé, porém, Timbu é o único invicto da Série B; bola rola nesta terça, às 21h30

Na Segundona é difícil um dia sem jogos. E nesta terça-feira (29), o CRB volta a campo para encarar o líder da competição: o Náutico. A partida será realizada pela 8ª rodada da Série B, no Estádio Rei Pelé, às 21h30, e colocará frente a frente o melhor ataque contra a pior defesa do campeonato.

Panorama

Leia também

O Galo fará sua quarta partida dentro do Rei Pelé, um dos seus grandes trunfos para a campanha até aqui. Apesar da derrota para o Avaí, fora de casa, o CRB ocupa a 8ª colocação, com 10 pontos, sendo sete deles conquistados dentro do Trapichão. Dependendo de outros resultados, uma vitória pode por o Regatas dentro do G-4.


				
					Contra o líder Náutico, CRB tenta manter invencibilidade em casa para voltar ao G-4
CRB precisará repetir a dose de 2020 para ficar próximo do G-4. Ailton Cruz

Do lado pernambucano, a fase é muito boa e não tem quem discorde. O Náutico é a única equipe que ainda não perdeu na Série B e, por conta disso, é o líder da competição com uma gordura de quatro pontos em relação ao segundo colocado. Além disso, nas três partidas que o Timbu fez como visitante, foram duas vitórias, um empate e apenas um gol sofrido.

CRB

A defesa regatiana voltou a ser problema no jogo contra o Avaí, porém, a derrota por 1 a 0 saiu barata, após a enorme pressão da equipe catarinense. A oscilação do Galo vem ficando ainda mais evidente a cada rodada, já que nas últimas cinco partidas foram três derrotas e duas vitórias, derrubando o time alagoano do G-4.

Com 13 gols sofridos em sete jogos, Allan Aal ainda tenta encontrar a zaga ideal. A contratação do experiente Victor Ramos é uma das apostas do clube para sanar o problema, inclusive, Victor já está regularizado e pode pintar no time regatiano já diante do Timbu. Apesar disso, Aal deve ter os retornos de Diego Torres, Jean Patrick e Gum, poupados contra o Avaí.


				
					Contra o líder Náutico, CRB tenta manter invencibilidade em casa para voltar ao G-4
No Rei Pelé, CRB tem campanha quase impecável. Ailton Cruz

Fora do embate por lesão ainda aparecem os nomes de Wesley, Alexandre Melo e Diego Ivo. Os três já vêm de um certo tempo fora. Além disso, expulso contra o Avaí, Renan Bressan fica de fora nesta terça.

Aproveitando do retorno de alguns atletas, Allan Aal deve voltar a escalar força máxima contra o Náutico: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan (Victor Ramos) e Guilherme Romão; Marthã, Jean Patrick e Diego Torres; Ewandro (Erik), Alisson Farias e Hyuri.

Náutico

Ser líder e ter o melhor ataque da competição traduzem o início do Brasileirão para o Náutico. Com 17 pontos, o Timbu já bateu nesta Série B: CSA, Vitória, Guarani, Vila Nova e Botafogo, o que abriu, inclusive, uma margem em relação ao atual vice-líder Coritiba. Já que o Coxa tem apenas 13 pontos, o Alvirrubro tem a liderança garantida pelo menos até a 9ª rodada.


				
					Contra o líder Náutico, CRB tenta manter invencibilidade em casa para voltar ao G-4
Hélio dos Anjos está de volta e deve reestrear pelo Náutico contra o CRB. Tiago Caldas / CNC

Os 11 gols feitos nas sete partidas igualam CRB e Náutico como melhores ataques da competição, porém, o Timbu teve a defesa vazada apenas três vezes, quase um ostracismo em relação aos gols sofridos pelo Galo e uma das características do técnico Hélio dos Anjos. O experiente professor parece ter encontrado a equipe ideal, passando principalmente pelo camisa 10, Jean Carlos, que tem três gols na Série B.

O Náutico não tem nenhum grande desfalque para o jogo, apenas peças penduradas, como os casos de Hereda, Camutanga e Matheus Trindade. Por isso, Hélio deve armar o Náutico da seguinte forma: Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Djavan (Matheus Trindade), Rhaldney e Jean Carlos; Erick, Vinícius (Giovanny) e Kieza.

Arbitragem

Zandick Gondim Alves Junior (CBF-RN) será o responsável pelo apito na partida. Vinicius Melo de Lima (CBF-RN) e Luis Carlos de França Costa (CBF-RN) serão os assistentes de Zandick. O cargo de quarto árbitro terá o nome de Marcio dos Santos Oliveira (CBF-AL).

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X