Com vantagem do empate, ASA enfrenta o Afogados por uma vaga nas oitavas da Série D

Após ter vencido a partida de ida por 2 a 1, fora de casa, Alvinegro está próximo da próxima fase da competição

Chegou a hora da primeira decisão do ASA na 4ª Divisão. Na tarde deste domingo (31), às 16 horas, o Gigante entra em campo pela partida de volta da 2ª fase da Série D do Brasileiro, contra o Afogados. O embate será realizado no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. A vantagem pertence ao clube arapiraquense, que precisa apenas empatar, após ter vencido o jogo de ida, por 2 a 1. Quem passar de fase, encara Pacajus ou Rio Branco do Acre.

Cenário

A vitória em Pernambuco tirou um peso enorme das costas do Fantasma. Além disso, o colocou numa situação muito confortável, já que para avançar para as oitavas de final, basta um simples empate, ao lado de sua torcida. Porém, a vitória também é importante, já que pode definir o mando de campo da próxima fase. Caso avance, será a melhor campanha do ASA na história da Série D.

Com gols de Anderson Feijão e Roger Gaúcho, ASA venceu o Afogados, na ida - Foto: Cleber Oliveira - Ascom ASA

Por outro lado, o Afogados precisa de uma recuperação, relativamente grande. Já que vai entrar em campo eliminado, a Coruja necessita, no mínimo, vencer por dois gols de diferença para passar de fase. Caso conquiste um triunfo por um gol de diferença, o classificado será conhecido nos pênaltis.

ASA

Vindo de três vitórias seguidas, o sonho do acesso segue muito forte em Arapiraca. Com uma atuação de gala no interior pernambucano, a confiança no elenco e no técnico Jota ainda é muito grande.

O jovem treinador, porém, terá o importante desfalque do centroavante Júnior Viçosa. Com uma lesão delicada no joelho, o atleta alvinegro só deverá estar disponível no final de agosto. Até lá, ainda não se sabe se o clube estará vivo na competição. De toda forma, seu substituto deve ser Didira. Outro problema, quase foi Roger Gaúcho, que pegou um gancho de quatro jogos pela expulsão contra o Santa Cruz. No entanto, a diretoria alvinegra conseguiu um efeito suspensivo.

Alvinegro conseguiu efeito suspensivo para Roger Gaúcho, que pode ser titular - Foto: Ailton Cruz

O grande trunfo que o Fantasma pode ter é o retorno de Alysson Dutra na lateral esquerda. Contudo, o jogador precisará barrar Thallyson. Pesando a favor do técnico Jota, o ASA vem tendo atuações muito positivas da sua defesa, já que tomou um gol nos últimos três confrontos. A linha de zaga deve ser novamente formada por Cris Lucca e Brumati.

Sem muito mistério, o Gigante deve entrar em campo com: Renan Rinaldi; Michel Tiago, Cris Lucca, Brumati e Thallyson (Alysson Dutra); Zé Wilson, Colina e Didira; Roger Gaúcho, Anderson Feijão e Ermínio.

AFOGADOS

Buscando desesperadamente uma reação, o Afogados se apega a números relevantes durante toda sua campanha na Série D. Das suas seis vitórias na competição, quatro foram por dois ou mais gols de diferença. Placar que seria suficiente para passar de fase. Além disso, são três triunfos como visitante.

Na tentativa de uma virada em Arapiraca, a Coruja ainda anunciou um reforço durante a semana. O nome foi o meia Patuta, de 28 anos, que estava jogando com a camisa do Cariri, do Ceará. Porém, o técnico Ito Roque terá o desfalque do zagueiro Weverton Bráz, que segue no DM.

Técnico Ito Roque terá que encontrar novas soluções para classificar a Coruja - Foto: Afogados FC

A escalação do Afogados não deve fugir do padrão das últimas partidas. Porém, como o primeiro tempo na ida foi muito ruim, algumas mudanças devem acontecer. No meio, Marquinho entrou bem e pode tomar a vaga de Nunes. A provável escalação é: Léo; Toninho Paraíba, Guilherme, Airton Júnior e Mattheus Silva; Dim, Roberto (Patuta), Nunes (Marquinho); Renezinho, Matheusinho e Anderson Chaves.

Arbitragem

O árbitro do confronto será João Vitor Gobi (CBF/SP), que já apitou outros quatro duelos nesta Série D. Seus assistentes serão Bruno Silva de Jesus (CBF/SP) e Leandra Aires Cossette (CBF/SP). A função de 4º árbitro será de José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (CBF/AL).