Com um a menos, CRB leva sufoco, mas segura empate com o Vila Nova, em Goiânia: 0 a 0

Com este empate Galo segue na 5ª posição, com 50 pontos, e não pode ser ultrapassado no restante da rodada

Dos males o menor para o CRB, que enfrentou o Vila Nova, na noite dessa segunda-feira (18), ficou com um homem a menos em campo, foi bombardeado, mas segurou o empate por 0 a 0, placar que, diante da pressão sofrida, foi até considerado um bom resultado. A partida foi no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia-GO, jogo que abriu a 31ª rodada da Série B.

Com este empate, o CRB segue na 5ª colocação, com 50 pontos; e o Vila, na 11ª posição, soma 39 pontos. O detalhe é que no restante da rodada nenhum time ultrapassa o time regatiano na tabela. Clique aqui para ver o Tempo Real

Na próxima rodada, o Vila Nova recebe o Brusque, no domingo (24), no Augusto Bauer, às 20h30. Já o Galo enfrenta o Coritiba, na terça (26), no Rei Pelé. A bola rola às 19h. Antes disso, o Regatas tem outro jogo, nesta quinta (21), também no Trapichão, contra o River-PI, pela pré-Copa do Nordeste, às 21h30.

Primeiro Tempo

Vila x CRB - Galo levou sufoco esta noite - Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

Na primeira chance para o CRB, em cobrança de falta, Reginaldo bateu com muita força e mandou pela linha de fundo, aos 4 minutos. Aos 5’, o Vila respondeu com um chute forte, de longe, mas ele mandou à direita do gol. Aproximando-se dos 10 minutos, a partida era equilibrada e muito bem disputada, sendo que o CRB tinha o maior controle da bola.

Aos 10’, o Vila chegou com perigo. Após saída errada do Galo, Arthur Rezende bateu cruzado, de fora da área, e viu a bola ir perto da trave de Diogo Silva, à esquerda. Aos 14’, de novo o Vila: Rezende cobrou a falta direto e mandou bem perto do gol do Galo, que respondeu aos 17 min. Diego Torres finalizou de fora da área e Georgemy fez a boa defesa. O Vila assustava e marcava o Galo na saída de bola, que tinha dificuldade de sair jogando.

A partida passava dos 25 minutos e seguia do mesmo jeito: o Vila arriscando mais, pressionando e o Galo sem conseguir finalizar. Aos 27min, o time goiano assustou e por pouco não abriu o placar. Embaixo dos três paus, Kelvin pegou a bola de tornozelo, sozinho, mas errou o chute, com Diogo Silva já vencido na jogada. Chance desperdiçada pelos goianos.

O Vila seguia melhor em campo no 1º tempo, isso já passando dos 30 minutos. Quando o CRB teve uma chance, aos 35’, Diego Torres cobrou o escanteio e Marthã subiu livre para cabecear, mas por cima do gol. O mesmo Marthã que foi expulso, aos 38min, porque já tinha amarelo e recebeu o segundo, por cometer falta em Alesson, e foi para o chuveiro mais cedo.

A pressão continuava em cima do Galo. Aos 41min, o Vila perdeu uma chance incrível. Bambu recebeu o cruzamento e mandou de cabeça, mas Diogo Silva fez grande defesa, salvando o CRB que, aos 44’, Pablo Dyego bateu cruzado, com perigo, mas houve o desvio e a bola foi pela linha de fundo. Com os 3 minutos de acréscimos decretados pelo árbitro, a partida foi até os 48min, quando foi finalizada a 1ª etapa.

Segundo Tempo

Empate com o Vila por 0 a 0: dos males o menor para o CRB - Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

O 2º tempo começou com as duas equipes com mudanças entre os titulares. Passando dos 5 minutos, o jogo seguia o mesmo da etapa inicial. E o Vila tomava a iniciativa das ações. Quanto ao CRB, não conseguia produzir jogadas de finalizações. Aos 7min, o time goiano chegou, quando Dudu arriscou de longe, a bola desviou em Clayton e, para sorte do Galo, ela foi para fora.

Aos 10 minutos foi a vez de Clayton arriscar. Ele chutou de longe e Diogo Silva fez uma boa defesa. O CRB estava todo recuado, enquanto o Vila bombardeava a zaga do Galo. Em mais um deste momento, quase abriu o placar. Arthur Rezende cruzou na cabeça de Rafael Silva, que finalizou no canto direito do goleiro regatiano, que fez uma grande defesa.

A pressão do time goiano seguia. Passava dos 20min, o goleiro Georgemy ainda não tinha feito nenhuma defesa, pois o Galo não atacava, era apenas atacado, bombardeado. Aos 21’, Rezende arriscou de longe, mas Diogo Silva defendeu. Aos 22’, mais uma vez, com um chute de Alesson, mas a bola foi na trave.

O time da casa era perigoso. Aos 32min, quase abriu o placar. Pedro Júnior cruzou, Caetano tirou de cabeça, e Rafael Silva bateu, livre, mas para sorte do Galo, foi por cima do gol. O duelo chegava aos 40 minutos, e o CRB seguia sofrendo, mas segurando o resultado. Aos 40’, Dudu cruzou na cabeça de Pedro Júnior, que cabeceou para fora e perdeu outra boa chance.

O árbitro acrescentou 6 minutos ao tempo normal na segunda etapa. Aos 49 minutos, Pedro Júnior chutou com perigo, mas Gum tirou mais uma, salvando o Regatas. Assim, o placar não foi alterado, encerrando-se o jogo aos 51 minutos, com o 0 a 0.

Momento de Vila 0x0 CRB - Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova

Ficha Técnica

Vila Nova - Georgemy; Moacir (Tiago Real), Renato, Rafael Donato e Willian Formiga; Pedro Bambu, Dudu, Arthur Rezende (Pedro Júnior) e Alesson; Kelvin (Diego Tavares) e Clayton (Rafael Silva). Técnico: Higo Magalhães.

CRB - Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Wesley (Jean Patrick) e Diego Torres (Claudinei); Pablo Dyego (Ewerton Páscoa), Jajá (Celsinho) e Nicolas Careca (Junior Brandão). Técnico: Allan Aal.

Árbitro - Diego Pombo Lopez (BA).

Assistentes - Edevan de Oliveira Pereira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA).

Quarto árbitro - Victor Lucas Pereira Silva (GO).

VAR - Frederico Soares Vilarinho (MG).

Assistente de VAR - Silvia Regina de Oliveira (SP).