Com show de Nayara, CRB vence o Acauã de virada e é campeão do Alagoano Feminino: 4 a 1

Galo sofre susto no primeiro tempo, mas faz valer o favoritismo para conquistar seu primeiro título na história

Alagoas é vermelho e branco pela primeira vez na história do Alagoano Feminino. Na tarde deste sábado (9), no Estádio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o CRB venceu as meninas do Acauã na grande decisão do estadual feminino. Após tomar um gol na primeira etapa, as regatianas conseguiram a vitória e o título inédito após 4 a 1. O placar foi construído com gols de Fran, Nayara (duas vezes) e Paulinha, para o Galo. Lais fez para o Acauã.

O CRB entra no hall dos campeões alagoano feminino, com seu primeiro título. O clube regatiano junta-se a UDA (8 títulos), CESMAC (2 títulos) e ECA (1 título). Lembrando que como a UDA já está no Brasileirão A-2, o Galo será o representante de Alagoas na próxima competição da CBF: o Brasileirão Feminino A-3. O CRB ainda foi campeão com 100% de aproveitamento.

O jogo

A proposta foi clara desde o primeiro minuto. O Acauã se defendia do melhor ataque do campeonato. A situação funcionou durante os primeiros 45 minutos, já que o clube azul teve um pênalti ao seu favor, com 28 minutos. Lais bateu bem, sem chances para a goleira regatiana. O empate só veio na etapa final, aos 21', com Fran. A atacante aproveitou a falha na saída, recebeu de Nayara e marcou o primeiro do CRB.

Nayara que foi o nome da final. Depois da assistência para o primeiro gol, a camisa 7 fez linda roubada, aos 28, e mandou no ângulo para virar. A jogadora ainda conseguiu matar a partida aos 40, com uma pintura. Nayara recebeu de Ceará e mandou um petardo da entrada da área para o 3 a 1.

O Acauã sofreu com lesões ao longo do segundo tempo e não se segurou mais no campo de defesa. Aos 46 minutos, Paulinha recebeu da artilheira Thamara e matou o jogo com um histórico 4 a 1, que deu o estadual para o CRB.

A festa do CRB: