Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B

Última derrota do Azulão foi fora de casa contra o Sampaio Corrêa no dia 3 de outubro; Mozart Santos ostenta 100% de aproveitamento no Rei Pelé

O CSA vive um momento mágico na Série B. Dono da melhor campanha dos últimos dez jogos, Azulão enxerga com outra perspectiva os seus objetivos na competição. Os sete jogos posteriores à última derrota, contra o Sampaio Corrêa, no dia 3 de outubro, acentuaram a arrancada da equipe. Com a vitória sobre o Náutico, o técnico Mozart manteve os 100% de aproveitamento jogando em casa.

No 1º turno, o time azulino contou com três técnicos no comando, enfrentou um surto de Covid-19 que esfacelou o seu plantel e, com isso, precisou adiar dois dos seus três primeiros compromissos na Segundona. Mesmo com as adversidades, conseguiu a superação, que se avultou no último mês.

Leia também


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

Outubro iluminado

Antes de enfrentar o Sampaio Corrêa, no Maranhão, o Azulão vinha de três vitórias consecutivas. A derrota para a Bolívia Querida causou um choque na equipe e nos torcedores, mas não freou a boa sequência na competição.

De lá para cá, o Azulão acumulou quatro vitórias em casa e três empates como visitante. Foram somados 15 pontos em 21 possíveis, ou seja, pontuando em todos os sete jogos disputados desde então.


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

Fator Rei Pelé

Mesmo sem o apoio da nação azulina, o time do Mutange alcançou uma sequência positiva mais longa ainda. Após a derrota para o Cuiabá no dia da Emancipação Política de Alagoas (16/06), a equipe emplacou a impressionante marca de seis triunfos seguidos jogando no Trapichão.

Os números acentuam mais ainda a dominância do CSA atuando como mandante. Em seis jogos, o time marujo balançou o barbante 15 vezes e foi vazado apenas quatro, com o saldo de 11 positivos.


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

A liderança da arrancada

Antes de Mozart assumir o CSA, já haviam passado pelo clube Eduardo Baptista e Argel Fucks nesta Série B. Juntos, os antigos comandantes somam apenas uma vitória, um empate e seis derrotas em oito partidas.

Passando por um péssimo momento na competição e sem esperança, a torcida questionou muito a vinda do atual técnico do Azulão. A desconfiança se deu pelo fato de ser o primeiro trabalho de Mozart em uma equipe profissional. Porém, o treinador superou todas as expectativas pessimistas e elevou o time do Mutange a outro panorama.


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

Após a sua chegada, o time engatou a maior das arrancadas que o futebol brasileiro viu em 2020. Com a conturbada saída de Argel, após 18 dias no cargo, Mozart triunfou seis vezes em dez oportunidades e só foi derrotado apenas uma vez. No Rei Pelé, comandou o time em cinco jogos e venceu todos com autoridade.

Mozart assumiu o CSA na vitória em casa sobre o Juventude por 3 a 2, quando a equipe amargava na zona de rebaixamento. Hoje, dez jogos e pouco mais de um mês depois, o Azulão está a apenas três pontos do G-4, ocupando a 6ª posição.


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

O artilheiro

Ao se destacar no ataque do Cascavel-PR e no ABC, Paulo Sérgio chamou a atenção do CSA. Antes de aterrissar em Maceió, o avançado marcou seis vezes pelo time paranaense e mais oito tentos pela equipe potiguar.

Na Série B, ajudou o Azulão com seis gols e agora mira a lista dos melhores marcadores na competição. Agora, Paulo Sérgio soma 20 gols em 2020 e figura como um dos maiores artilheiros do Brasil na temporada. O centroavante chegou em setembro e, de lá para cá, foi o principal nome do ataque azulino e um dos principais nomes da arrancada azulina dentro de campo.


				
					Com sete jogos sem perder, CSA chega a um mês de invencibilidade na Série B
FOTO: Ailton Cruz

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X