Com brigas diferentes na tabela, Aliança e ASA se reencontram dois meses depois

Equipes se enfrentaram na primeira rodada da Copa Alagoas e, de lá para cá, momento das equipes mudou drasticamente

Um confronto tão recente, mas que será muito diferente. Este é o resumo da partida que acontece nesse sábado (10), às 17h, entre Aliança e ASA, que protagonizarão apenas o segundo confronto entre eles na história e o primeiro no estádio da UFAL. O jogo é válido pela 6ª rodada do Campeonato Alagoano e pode promover estreias dos dois lados.

O Tricolor é a grande surpresa do Estadual até aqui. Com nove pontos, o time está dentro do G-4, em terceiro lugar, e parece muito próximo da classificação inédita para a semifinal. Com Estevam Soares como novo treinador, a equipe passa a ser uma grande incógnita para o restante da competição.

Por outro lado, temos um ASA completamente desesperado. Sem nenhuma vitória em quatro jogos, o time se apega à experiência do técnico Ademir Fonseca, à boa atuação no clássico contra o CSA e à chegada dos novos reforços para tentar sair da zona o mais rápido possível. Graças aos resultados da rodada, basta uma vitória para o time deixar a zona da degola.

Time Tricolor treinou sem parar desde a chegada de Estevam Soares - Foto: Matheus Ygor/Desportivo Aliança

Desportivo Aliança

O Tricolor mudou muito pouco em relação à equipe que disputou a Copa Alagoas. Com o time bem entrosado e o elenco bem fechado, o Aliança teve pelo menos 15 dias para treinar, já que sua última partida foi contra o Murici, no dia 21 de março, onde venceu por 1 a 0, no José Gomes da Costa.

Sem grandes novidades, o período foi muito usado por Estevam Soares, para conhecer o elenco e implantar o seu estilo de jogo. O técnico, inclusive, trabalhou no último Domingo de Páscoa, com foco total na partida e trata como 'decisão' também pelo lado do Aliança.

Uma vitória por seis gols de diferença pode até dar a liderança ao Tricolor, porém, é evidente que o objetivo principal é a vaga na próxima fase. Uma simples vitória deixa o time em segundo lugar, o que garantiria a decisão da semifinal dentro de seus domínios. Com muitas duvidas, Estevam Soares deve escalar o seguinte time: Oscar; Yan, Gabriel, André Nunes e Diego; Elizeu, Felipe André, Tauan e Kiko Alagoano; Edmar e Luciano.

ASA teve a semana recheada para se preparar pro jogo - Foto: Ascom/ASA

ASA

Novamente em uma situação de desespero, o ASA tem ainda quatro partidas para tentar fazer uma pontuação suficiente para escapar da queda. Beneficiado pela derrota do Coruripe, na última terça (7), o Gigante pode ficar de fora da zona se vencer o Aliança fora de casa. O problema é que o time não venceu nenhum jogo fora de seus domínios em toda a temporada. Ao todo foram dois jogos com duas vitórias.

Se desmembrarmos os números de toda a temporada, vemos que o Alvinegro está cheio de empates. Já são duas vitórias, seis empates e uma derrota ao longo do ano. Com o desempenho que está desagradando o torcedor arapiraquense, o técnico Ademir Fonseca ganhou reforços para tentar mudar o time: o meia Carlos Magno e os atacantes Vinícius Paiva e Fernandinho.

Desfalques também fazem parte da semana alvinegra. Thiago Potiguar, com lesão no adutor da coxa esquerda, não joga. Além dele, o boliviano Guzman está no processo de transição e segue como desfalque. Já Zé Wilson é duvida. O atleta ficou de fora da última partida, por conta da Covid-19, e, apesar do segundo teste ter dado negativo, o clube ainda aguarda posicionamento da Federação Alagoana de Futebol (FAF).

Ademir Fonseca teve um bom tempo para trabalhar, já que o ASA não atua desde o último dia 27 de março. O treinador ainda vem tentando por seu estilo de jogo em prática. Por isso a escalação deve ser a seguinte: Dida; Lázaro, Caíque Baiano, Marcelo e Ítalo; Dinda, Johnnathan e Carlos Magno; Gabriel, Adaílson e Daivison.

Arbitragem

Jonata de Souza Gouveia será o árbitro da partida. Ele terá o auxílio de Lennon Mccartney Farias Paes e de Wellington Thiago de Almeida Fontes Nascimento. Todos os árbitros são certificados pela Federação Alagoana de Futebol.