Com acesso do Coruripe, Campeonato Alagoano conhece seus oito participantes em 2023

Próxima temporada deverá seguir o mesmo regulamento de disputa de 2022

Ainda falta muito tempo para o Campeonato Alagoano de 2023, porém, nesse domingo (17), o torneio conheceu todos os seus participantes. A última vaga que restava era para o time promovido da 2ª Divisão do Alagoano. Esta, que chegou ao fim com o título do Coruripe sobre o Zumbi, nos pênaltis. O Hulk tomará o lugar do Jaciobá, que foi rebaixado no primeiro semestre.

Com o retorno do Alviverde Praiano, logo um ano após o seu rebaixamento, o número de times campeões estaduais sobe de quatro para cinco, sendo eles: CRB, CSA, ASA, Murici e agora o Hulk. Desta forma, os oito participantes do Campeonato Alagoano de 2023 são: CRB, CSA, ASA, CSE, Murici, Cruzeiro de Arapiraca, Desportivo Aliança e Coruripe.

Contudo, a fórmula de disputa deve seguir as mesmas características dos últimos dois anos. Todos os times se enfrentam em uma fase de classificação, em turno único. Os quatro primeiros vão para as semifinais. No mata-mata, os duelos passam a acontecer em ida e volta. O lanterna, da fase de classificação, será rebaixado.

Apesar de o claro posicionamento dos clubes da Série B do Alagoano ser a favor de um aumento de participantes na 1ª Divisão, isso não deve acontecer, pelo menos até 2023. A previsão é que o início do próximo Estadual seja em janeiro, assim como em suas edições anteriores.

Com o título da 2ª Divisão, o Coruripe se juntou a uma lista seleta dos bicampeões da competição. Na história, os times que conquistaram dois títulos da Série B foram: Sete de Setembro, Penedense, Ipanema, CSE, Bom Jesus, Corinthians, CSA e CEO. O maior campeão da história do torneio segue sendo o Santa Rita, com três canecos.