Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Canindé sobre duelo contra Itabaiana: "Ainda há tempo de brigar por vaga"

Equipe azulina viajou na tarde desta quarta-feira, para Aracaju, visando à partida decisiva pela Copa do Nordeste

A equipe do CSA embarcou para Aracaju, na tarde desta quarta-feira (1º), para mais um duelo decisivo pela Copa do Nordeste, com o técnico Oliveira Canindé confiante na vitória, único resultado que lhe interessa em termos de classificação à segunda fase. Desta vez, o Azulão vai novamente encarar o Itabaiana, no interior sergipano, a partir das 19h desta quinta-feira (02).

De acordo com o comandante azulino, apesar da derrota na última rodada e contra este mesmo Itabaiana, em pleno Rei Pelé (2x1), ainda há tempo para brigar pela classificação. Para Canindé, a goleada por 7 a 0 diante do Sete de Setembro, pelo Estadual, já ficou no passado. Agora, garante o treinador, o foco é único e exclusivo no Nordestão.

Leia também

"Não tem nada ganho. São adversários e competições diferentes. E ainda há tempo para brigarmos pela classificação. Eu não olho para trás. Agora, espero voltar de Sergipe com os três pontos, honrando a confiança que está sendo depositada em nós. Sabemos que será uma partida difícil, mas precisamos respeitar o sentimento de todos os que torcem pelo CSA", comentou Canindé.

A lista de relacionados para a partida não foi divulgada pela assessoria do clube, mas, segundo Canindé, a equipe que seguiu viagem "está equilibrada", reunindo aquilo que o CSA tem de melhor no quesito qualidade técnica, aliado ao estilo de jogo adotado pelo treinador.

Imagem ilustrativa da imagem Canindé sobre duelo contra Itabaiana: "Ainda há tempo de brigar por vaga"
| Foto: FOTO: Márcio Chagas

Daniel Costa e Geovani

Já ao ser questionado, nesta quarta, sobre a ausência do meia Geovani nos últimos jogos, sendo substituído por Daniel Costa na lista de relacionados, Canindé explicou que a opção se deu porque apenas um deles se adaptou à proposta de jogo do treinador.

"Ambos têm o estilo de jogo parecido, mas o Daniel se mostrou mais adaptado ao nosso esquema. Consequentemente, o Geovani foi ficando de lado, mas isso não quer dizer que ele está descartado. Com os treinos do dia a dia, ele poderá retornar ao time principal. É tudo questão de preparação e de oportunidade".

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas