Buscando a fase de grupos da Copa do Nordeste, CRB recebe o River-PI em jogo único

Partida acontece em jogo único e Galo precisa vencer para se aproximar do Nordestão 2022

O final de ano do CRB tem sido mais decisivo do que nunca. Na noite desta quinta (21), o Galo da Praia terá outro Galo pela frente: o River do Piauí. Não apenas o adversário é diferente, mas também a competição. O confronto, que acontece às 21h30, no Estádio Rei Pelé, é válido pela Pré-Copa do Nordeste, que definirá os últimos quatro classificados para a fase de grupos.

Essa será a segunda fase do torneio e o primeiro jogo do Regatas na competição. Pela frente, o classificado ainda terá que enfrentar mais um mata-mata para chegar à fase de grupos, que só acontece em 2022. Quem avançar do confronto de Galos, encara América de Natal ou Moto Club.

Cenário

O clube alagoano vem de uma Copa do Nordeste onde foi muito elogiado. Ainda no comando de Roberto Fernandes, o Galo foi eliminado da edição 2021 apenas nas quartas de final, para o Bahia. De lá pra cá as coisas mudaram, chegaram novos atletas, a equipe mudou de técnico e só disputa a pré-Copa do Nordeste, porque foi vice do Alagoano. Em campo, o time tentará quebrar um tabu de sete jogos sem vencer no Rei Pelé.

Por outro lado, o River vive uma temporada bem mais discreta. Maior campeão piauiense, o time decepcionou no Estadual de 2021 e quase foi rebaixado, terminando no 6º lugar. Apesar disso, conseguiu a vaga no Nordestão pelo ranking, tanto que, na primeira fase, jogou e conseguiu sua classificação. O Galo goleou o Lagarto por 5 a 0 para avançar.

Time piauiense já estreou na Copa do Nordeste e com uma vitória por 5 a 0 - Foto: Jackson Nunes/RiverAC

CRB

Com o foco sendo o acesso para a Série A de 2022 e o calendário apertado, a tendência é que Allan Aal poupe a maioria de seus jogadores, assim como fez em algumas rodadas da Série B. O titular que tem mais chances de aparecer é Marthã, já que foi expulso contra o Vila Nova e não enfrentará o Coritiba, na próxima terça-feira (26).

O pouco tempo de preparação deve ser o principal motivo que levará Allan Aal a usar um time alternativo - serão três jogos em sete dias. Sendo assim, alguns jogadores podem ganhar novas oportunidades e aparecerem como peças surpresas para a reta final da Segundona. Calyson, Emerson Negueba, Alexandre Melo, Alan James e Celsinho são nomes cotados.

A última vez que o Galo poupou praticamente o time inteiro foi no dia 25 de julho, contra o Sampaio Corrêa pela Série B. Na ocasião, o time venceu por 3 a 2. No gol, também deve haver uma alteração, com a saída de Diogo Silva e a entrada de Arthur, emprestado pelo Coritiba.

Destaque do Alagoano, Alan James pode aparecer entre os titulares - Foto: Ailton Cruz

Com isso, a surpreendente escalação do CRB deve contar com: Arthur (Ewerton); Celsinho, Ewerton Páscoa, Frazan e Alexandre Melo; Carlos Jatobá (Marthã), Dudu e Calyson; Emerson Negueba (Ewandro), Alisson Farias (Erik) e Alan James (Vitão).

River

Com apenas 15 partidas oficiais na temporada de 2021, o River chega como franco atirador para o duelo com o Galo. Nas palavras do experiente treinador Wallace Lemos, o time reconhece a dificuldade que será a partida: "Sabemos da dificuldade que vai ser o jogo e temos que impor nossa característica em campo, que é a humildade".

Mesmo assim, o clube passou com certa tranquilidade na primeira fase, goleando o Lagarto, por 5 a 0. A boa atuação da equipe deve fazer o treinador repetir os 11 titulares, já que a equipe não tem desfalques. A preparação do Tricolor Mafrense foi árdua, já que viajou para Maceió na terça (19), e ainda treinou na véspera do jogo.

River se preparou para o confronto no campo da Adepol - Foto: Djalma Lemos / River A.C.

Na equipe, velhos conhecidos da torcida piauiense seguem como titulares, como é o caso do goleiro Vitor Paiva, o atacante Gleisinho (ex-Murici) e o experiente Juninho Arcanjo, de 38 anos. Este último jogou com a camisa do ASA na temporada de 2018. Levando tudo isso em consideração, Wallace Lemos deve armar o Galo com: Vitor Paiva; Emerson, Gabriel, Nilo e Charles; Victor Salvador, Carlinhos e Juninho Arcanjo; Emerson Catarina, Gleisinho e Igor Bádio.

Arbitragem

A arbitragem será 100% nordestina, típica da Lampions League. O apito terá administração de Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (CBF-BA), com assistências de José Carlos Oliveira dos Santos (CBF-BA) e Luanderson Lima dos Santos (CBF-BA). Já o quarto árbitro é local, com Helder Brasileiro de Aquino (CBF-AL). Esta fase da Copa do Nordeste ainda não conta com o árbitro de vídeo.