Aylon diz que não tem preferência por onde atuar no campo: 'Quero estar pronto pra ajudar'

Atacante do CSA afirma que pode jogar tanto pelo meio-campo, quanto pelas extremidades e diz que onde for escalado dará o melhor para ajudar a equipe

Titular contra o CRB no último sábado (1), o experiente atacante Aylon foi peça importante dentro de campo para ajudar o CSA a reencontrar o caminho das vitórias. Nesta terça-feira (4), o jogador concedeu entrevista coletiva e afirmou que não tem preferência por posição dentro das quatro linhas.

"Eu sou um jogador que consegue fazer as funções do meio pra frente. A comissão sabe bem disso. Quero estar pronto pra ajudar, independente qual for a posição. Comecei jogando pelas pontas, mas me adaptei bem pelo meio de campo também. Ano passado, na Chapecoense, consegui ajudar bastante pelo meio, e acho que pelo campeonato do ano passado, consegui fazer bons jogos, e isso também me trouxe pra esse esquema. Então, independente do lugar que eu estiver, vou querer ajudar", frisou o jogador.

Campeão da Série B com a Chapecoense em 2020, Aylon disputou 51 partidas e marcou seis gols pela equipe catarinense. Perguntado sobre qual é o segredo para conquistar o título e, consequentemente, o acesso à primeira divisão, o jogador reforçou que o trabalho em equipe é de suma importância durante a caminhada.

"Eu venho de dois acessos seguidos na Série B, e isso te dá uma confiança maior. É claro que é difícil falar um segredo. São N motivos que fazem um time conseguir o acesso e ser campeão, mas nosso elenco é bem forte. A gente tá ciente das dificuldades que vamos encontrar durante o campeonato. A gente sabe que tem que estar unido, tem que estar fechado", disse o atleta.