Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

ASA quita cerca de 80% da dívida trabalhista em menos de dois anos

Alvinegro está incluso no Ato Trabalhista e renegocia débitos com técnico Vica

Fora dos gramados, o ASA segue um trabalho intenso para começar a ser um clube rentável. Na noite dessa sexta-feira (23), a diretoria comunicou que cerca de 80% das dívidas trabalhistas que o Fantasma tinha, foram quitadas.

O valor total do débito não foi oficialmente divulgado. No entanto, a diretoria encabeçada pelo presidente Rogério Siqueira vem trabalhando para fazer com que o clube pague todas as contas.

Leia também

Em julho de 2021, o ASA foi incluído em um Ato Trabalhista, para centralizar as dívidas. Desde então, foram feitas negociações com alguns profissionais que tinham dinheiro para receber, caso do técnico Vica, com quem o Alvinegro tinha a maior dívida.

“Venho comunicar que chegamos a um acordo com nosso maior débito trabalhista, que era com o técnico Vica,. Já temos o recurso e nada será parcelado. Desde 2022, conseguimos pagar 80% do nosso passivo, incluindo os acordos dos profissionais Gilsinho, Gringo e Serginho Brasília. Este é o resultado dos esforços de todos que buscam o fortalecimento do Alvinegro”, disse o presidente Rogério Siqueira.

Apenas neste mês de fevereiro de 2024, 16 novos acordos foram fechados com credores. Além de Vica, também tiveram as dívidas negociadas o ex-zagueiro Edson Veneno, o ex-goleiro Éder, o goleiro André Pereira, o ex-zagueiro Fabiano, além dos membros de comissão técnica Rodolfo Jesus, Itamar Lisboa e Lourival Santos.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

ASA

Relacionadas