Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Árbitro relata garrafa atirada em campo durante CSA x Ferroviária

Objeto teria vindo da torcida azulina, durante saída da arbitragem para o intervalo


				
					Árbitro relata garrafa atirada em campo durante CSA x Ferroviária
Árbitro foi criticado por sua atuação no Estádio Rei Pelé. Ailton Cruz

A partida entre CSA e Ferroviária deu o que falar, especialmente pela atuação da arbitragem. O árbitro Carlos Tadeu Ferreira de Castro (CBF/RJ) foi alvo de críticas, entretanto, o que chamou atenção nesta segunda-feira (29) foi a observação na súmula do confronto, onde ele relata que uma garrafa de água foi atirada em campo, na sua direção.

De acordo com Carlos Tadeu, o objeto foi jogado da região onde estava localizada a torcida do Azulão, durante a saída da arbitragem para os vestiários.

Leia também

"Quando a equipe de arbitragem estava saindo do campo de jogo, para entrar no túnel que dá acesso ao vestiário, no término do primeiro tempo, foi arremessada uma garrafa de água que estava vazia, em direção à equipe de arbitragem. Saliento que o objeto foi arremessado da direção em que estava localizada a torcida do CSA, caindo próximo à equipe de arbitragem e não atingindo ninguém", diz o relato.

O que preocupa é a possibilidade de o clube ser punido pela ação do torcedor. Vale lembrar que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pode entrar com uma denúncia, baseando-se justamente no relato do árbitro. Contudo, isso só deve ser definido nos próximos dias.

Carlos Tadeu foi criticado após um lance confuso no primeiro tempo, por volta dos 25 minutos. Após cobrança de lateral de Guilherme dal Pian, a bola foi para a área e Marquinhos foi derrubado com falta. O árbitro carioca marcou pênalti, mas voltou atrás por um possível impedimento de Iury Tanque, que participou da jogada.

Com a decisão dentro de campo, até mesmo o técnico Cristian de Souza se revoltou e reclamou a ponto de ter sido punido com o cartão amarelo. Após o jogo, o treinador disse que o árbitro foi assertivo em sua decisão.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X