Após sete jogos e quatro vitórias, Daniel Paulista tem aproveitamento de G4 no CRB

Novo treinador regatiano consegue implantar seu sistema de jogo e muda briga do Galo no campeonato

Depois de 14 jogos e muito sufoco, finalmente o torcedor do CRB pode respirar aliviado dentro da Série B. Isso porque o Galo terminará a rodada fora da zona do rebaixamento e sem risco de cair novamente. A vitória sobre a Chapecoense fez o clube saltar para a parte de cima da classificação, no sétimo lugar, com 18 pontos. Tal evolução tem a cara do técnico Daniel Paulista, que acumula bons números até aqui.

Ao todo, o novo treinador regatiano acumula 66,67% de aproveitamento, já que conquistou 14 pontos de 21 possíveis. Tal aproveitamento é superior de times do G4, como Bahia e Grêmio. Com apenas sete jogos no CRB, Daniel tem quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota, que foi para o líder Cruzeiro.

Seu antecessor, Marcelo Cabo, fez a mesma quantidade de jogos na Série B. Entretanto, o atual campeão alagoano não demonstrou um bom desempenho. Nos jogos que comandou, o Regatas só conseguiu uma vitória, um empate e cinco derrotas. Ou seja, apenas quatro pontos de 21 possíveis. Tal desempenho rendeu ao Galo a lanterna da Série B, durante algumas rodadas.

Quatro das cinco vitórias do CRB na Série B vieram sob comando de Daniel - Foto: Ailton Cruz

Outro número relevante é de gols marcados e sofridos. Enquanto os ataques de Cabo e Paulista estão bem parecidos, a melhora defensiva é exorbitante. No comando de Marcelo, o CRB sofreu 13 gols, enquanto na era Daniel Paulista, só foi vazado quatro vezes. Uma média muito positiva. O ataque do Alvirrubro balançou as redes em 71% dos jogos, sob o comando de Daniel.

A evolução é gritante em termos de números. Desde a estreia do time regatiano, contra o Vasco, a melhor posição havia sido o 13º lugar, enquanto havia ficado em último por, pelo menos, quatro rodadas. Apesar de esperar os resultados da 14ª rodada para conhecer sua posição final, nunca o CRB esteve tão bem posicionado na Série B de 2022.

Com a nova sequência, Daniel Paulista igualou seus três primeiros jogos, onde também estava invicto. Para a sequência da Segundona, o Galo terá adversários diretos, ou que estão abaixo na tabela. Primeiro, enfrenta o Tombense, dentro de casa. Depois, o adversário será o Guarani, que está dentro do Z4. Na sequência, encerrando o primeiro turno, o CRB terá pela frente o Operário Ferroviário (fora) e o Brusque (em casa). A equipe treinada por Daniel só enfrenta um time do G4 na 19ª rodada, quando visita o Bahia.

Porém, vale ressaltar que, até lá, muita coisa pode mudar. Fato é que hoje, o Galo se encontra mais próximo da zona de acesso, do que da zona do rebaixamento.