Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Após golaço na Copa NE, Richard projeta trabalho com Marcelo Cabo: 'Que seja um grande ano'

Atacante fez o segundo gol que garantiu a vitória regatiana sobre o Sergipe, no último domingo (20)

Contratado pelo CRB em dezembro do ano passado até 2023, o jovem atacante Richard Rodrigues, ex-Ponte Preta, aos poucos está conquistando seu espaço no time titular do Galo da Praia.

Em seis partidas, 265 minutos jogados, o atleta de 23 anos conseguiu marcar o primeiro gol no último domingo (20), contra o Sergipe, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste. Aos 40 minutos do 1º tempo, o atacante fez um golaço da entrada da área, definindo o triunfo regatiano, por 2 a 1.

Leia também

Nesta terça-feira (22), Richard concedeu coletiva à imprensa, projetou grande ano sob o comando do treinador Marcelo Cabo e afirmou que não vai demorar muito para o CRB atingir seu melhor nível.

"Acho que a gente vem crescendo jogo a jogo, dia a dia. A gente vem se esforçando nos treinos, estamos evoluindo fisicamente. Agora, chegou o Marcelo Cabo e tá ajudando muito nisso. Tenho certeza que logo a gente vai melhorar”, disse, complementando: "A gente abraçou a ideia do professor. Ainda é o começo, né? Mas que seja um começo muito longo, de muitas vitórias e de títulos pro clube. É um começo muito empolgante. A gente tá muito feliz. Que seja um grande ano, junto com ele".

Cria do Internacional e com passagem pela Seleção Brasileira Sub-20, Richard jogou por Botafogo-SP e Ponte Preta em 2021. Após passar 27 partidas sem marcar no time de Campinas, o atacante não escondeu a emoção, no fim de semana, ao voltar a balançar a rede.

"Passei um longo tempo sem marcar e, às vezes, (veem) muitas críticas. A gente é ser humano e leva pro lado pessoal. É difícil. Eu tento me cobrar muito, dia a dia, nos treinamentos, para querer fazer o gol. Eu sou atacante, e sei que eu preciso fazer gol. Agora, tô muito feliz. Que seja o primeiro de muitos com esta camisa", finalizou, esperançoso.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X