Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Após derrota para o Botafogo, CSA enfrenta Remo pela Segundona visando se recuperar na competição

Partida é neste domingo (1º), às 18h15, no Baenão, em Belém-PA, pela 15ª rodada

O CSA enfrenta o Remo, no estádio Baenão, neste domingo (1º), às 18h15 (horário de Brasília), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe alagoana é a 12ª na tabela com 18 pontos e vem de derrota para o Botafogo, em partida adiada da 6ª rodada. Por sua vez, o Leão Azul tem 16 pontos, ocupa o 13º lugar e perdeu para o Avaí na última quarta-feira (28), também em partida postergada.

Até então, sucederam-se seis confrontos entre os times na história e o Azulão é superior com três vitórias e 10 gols marcados, o que corresponde a 57% de aproveitamento. Contudo, pela 2ª fase da Copa do Brasil em abril, o Remo eliminou o time marujo nos pênaltis por 6 x 5, depois de empatar por 1 x 1, em Maceió, no tempo normal.

Leia também

Cenário

Frustração. Esse foi o sentimento do treinador Ney Franco e da torcida azulina com o desempenho do CSA contra o Botafogo, no Engenhão. A equipe cometeu falhas graves e o ataque não produziu. O atacante Gabriel, muito explorado pelo lado esquerdo no jogo pelo alto, reiterou o baixo número de jogadas. Foram dois chutes no alvo de seis finalizações, em todo o jogo. Logo, viu o Fogão dominar as ações do jogo, levou um gol em cada tempo e somou a 6ª derrota no torneio.


				
					Após derrota para o Botafogo, CSA enfrenta Remo pela Segundona visando se recuperar na competição
CSA caiu para o Leão Paraense na Copa do Brasil. Ailton Cruz

A situação do Remo também não é das melhores. Os azulinos sofreram a 2ª baixa seguida ao perderem para o Avaí, por 1 x 0. A equipe estava até melhor, com o controle da partida, na avaliação do treinador Felipe Conceição, porém faltou agressividade maior. Nos minutos finais, viu Júnior Dutra, de pênalti, fazer 1 x 0 a favor dos anfitriões. Assim, o Leão deixou escampar um ponto importante e está há quatro pontos da Ponte Preta, primeira 17ª colocada na zona de rebaixamento.

Remo

Conceição está convicto na recuperação do time. Mesmo com a derrota, o comandante disse que os jogadores voltaram a jogar dentro do padrão por implementado de conseguir defender e atacar. O gol sofrido foi uma infeliz consequência, assegurou o treinador, que também culpou o calendário da Série B porque a equipe fez quatro jogos em 10 dias, cansando os jogadores. Quanto a atuação dos atletas, e agradou do meia Arthur, e o meia-atacante Matheus Oliveira, de 23 anos, recém-contratados.

Diante disso, ambos têm grande chance de começaram jogando neste domingo. Até o momento, Arthur fez 10 partidas pela equipe, mas sempre entrando na etapa complementar. Já Matheus estava no Atlético-GO disputando a primeira divisão do futebol brasileiro e foi contratado no dia 17.

Antes da derrota para o Londrina, o Remo tinha somado três vitórias consecutivas contra o Brusque, a Ponte Preta e o Cruzeiro. Mas o resultado adverso não abalou a equipe, que vem em busca dos três pontos.


				
					Após derrota para o Botafogo, CSA enfrenta Remo pela Segundona visando se recuperar na competição
Felipe Conceição conseguiu tirar o Remo do Z-4. Samara Miranda/Ascom Remo

Por fim, um Remo deve entrar em campo com a seguinte escalação: Vinícius; Thiago Ennes, Kevem, Romércio e Igor Fernandes; Anderson Uchôa, Marcos Júnior (Arthur) e Felipe Gedoz; Dioguinho, Erick Flores e Victor Andrade.

CSA

Agora, o foco é voltar a vencer, e para esse duelo o comandante conta com o volante Yuri, recuperado de virose. Além disso, pediu para o atacante Iury e zagueiro Tito, reforços caseiros, se juntassem à delegação no Rio de Janeiro. O primeiro está recuperado de lesão sofrida na 7ª rodada, e o segundo pode ser opção para substituir o zagueiro Matheus Felipe, suspenso do pelo 3º cartão amarelo.

Ainda, deve colocar o atacante Reinaldo, autor do gol da vitória sobre o Operário, uma vez que o centroavante Bruno Mota também sentiu sintomas de virose. Desde a chega de Ney Franco, o CSA já contratou três atletas: os laterais Ernandes e Éverton Silva, e, recentemente, do meia-atacante Marquinhos. Este último ainda vai estrear.


				
					Após derrota para o Botafogo, CSA enfrenta Remo pela Segundona visando se recuperar na competição
Iury volta ao time do CSA após se lesionar na 7ª rodada. Ailton Cruz

Para além desses reforços, Ney Franco vai manter a base que atuou contra o Fogão. Nesse sendo, uma provável escalação do CSA: Thiago Rodrigues; Yuri, Lucão, Fabrício e Ernandes; Geovane, Silas e Renato Cajá; Dellatorre, Gabriel e Reinaldo.

Arbitragem

A arbitragem também virá do Norte do Brasil. No apito, teremos Alisson Sidnei Furtado (CBF/TO), já como assistentes a responsabilidade estará por conta de Fábio Pereira (CBF/TO) e Cipriano da Silva Sousa (CBF/TO). O quarto árbitro será Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, da Federação Paraense.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X