Após clássico apagado, Allan Aal diz que acredita no trabalho e na chance do acesso

Treinador comentou em entrevista coletiva os principais pontos que precisam ser trabalhados para o CRB não vacilar e conquistar a vaga na Série A

Após o empate no clássico de hoje, o CRB caiu para a quinta posição e fez o rival CSA subir uma posição e encostar no cangote do clube regatiano. O técnico Allan Aal, em entrevista coletiva, comentou um pouco sobre a fase do Galo e o que o elenco pretende fazer para conquistar novamente a vaga no G4 e, consequentemente, o acesso à Série A.

Ao ser perguntado sobre o que o time pretende fazer para se adaptar nas próximas rodadas e conseguir emplacar gols, o técnico respondeu: “Eu acho que não tem muita adaptação, a gente tem que recuperar os atletas, trabalhar sempre visando ao próximo adversário, manter o foco, manter a concentração no dia a dia, não só no dia de jogo, isso é o que faz a diferença a nosso favor”. E completou dizendo que “o nível de trabalho destes atletas é muito grande e eu acredito que a gente tá no caminho certo.”

Sobre a reta final do campeonato, o técnico disse que existe um peso emocional muito grande nestes últimos jogos da temporada e reafirmou a carga que um clássico tem, e citou o porquê de não ter saído sequer um golzinho para alegrar o sábado do torcedor. “Quando se trata de um clássico o peso é maior ainda e, mesmo assim, jogamos e não abrimos mão de jogar da maneira que a gente gosta, com a bola no chão a maior parte do tempo, construindo, fazendo o adversário correr mais atrás da gente do que o normal, e infelizmente não conseguimos transformar em gol”.

Momento do clássico no Rei Pelé - Foto: Ailton Cruz

Antes de finalizar, Allan disse que tem o pensamento positivo, já que o time tem uma melhor campanha no segundo turno. “Estamos no caminho certo e se mantiver dessa maneira, vamos atingir o nosso objetivo.”

Com 48 pontos, o Galo da Praia precisa vencer o próximo jogo, contra o Botafogo, para se colocar novamente no grupo iluminado do acesso à elite do futebol brasileiro. Porém, o confronto será complicado, já que o time carioca tem a mesma quantidade de pontos que o time alagoano, entretanto, o Fogão tem 2 jogadores entre os maiores artilheiros da temporada, Rafael Navarro, com 10 gols, e Chayene Santos em quinto lugar junto ao atacante regatiano Diego Torres, ambos com oito gols.

O CRB enfrenta o Botafogo na próxima sexta-feira, dia 8, às 19h, lá no Engenhão.