Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Allan Aal aponta que 'desgaste físico' e 'erros de passes' influenciaram no empate do CRB

Galo da Praia empatou por 1 a 1 com o Vitória, nesse domingo (15), chegou aos 32 pontos e desperdiçou chance de virar líder

O CRB não conseguiu vencer o Vitória pela Série B, no derradeiro domingo (15). Depois de abrir o placar, com Júnior Maranhão, viu o Leão da Barra empatar, com Marcinho, e quase virar o placar na reta final. Para o técnico Allan Aal, o desgaste físico dos jogadores regatianos e os excessivos erros de passes foram preponderantes para a queda de rendimento do 2º tempo.

"De uma forma geral, a gente acabou errando muitos passes que, costumeiramente, não erra. Hoje a equipe teve um índice de erro de passe maior do que vem apresentando. (Além disso), o desgaste físico nosso é muito grande. O time estava com um pouco de dificuldade de manter a posse e perdendo muito a bola, coisa que a gente não costuma perder. Percebi que havia um desgaste físico dos dois atletas (Jajá e Diego Torres) e, ao mesmo tempo, consequentemente, o rendimento caiu um pouco", comentou Allan.

Leia também

O treinador também mencionou a postura do Vitória no jogo, tendo em mente sua luta momentânea para sair da zona da degola, na competição. "Foi uma partida difícil, como a gente já esperava, uma equipe com troca de treinador sempre tem um fato novo e uma motivação a mais. Foi o que o Vitória mostrou hoje (domingo), uma intensidade que não vinha colocando em outras partidas. E também a gente sabe que o adversário, numa situação que o Vitória estava, na zona de rebaixamento, vem a qualquer custo, se jogando pra frente, tentando pressionar".

A despeito do placar, Alan ainda valorizou o ponto conquistado. "Eu acho que todo ponto somado nesta competição tão longa tem que ser valorizado. Óbvio que a gente veio pra cá pra vencer e teve a possibilidade durante toda a partida de sair com os três pontos, não conseguiu, mas a equipe está no caminho certo", encerrou.

O Galo da Praia volta a campo nesta quarta-feira (18), contra o Operário, às 21h30h. Até então, tem nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas, um aproveitamento de 59.3%.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas